Novo slogan do Rio Grande do Sul.

O governo estado do Rio Grande do Sul anunciou nesta sexta-feira, 06, sua nova identidade visual e slogan, atrelados ao conceito "Todos pelo Rio Grande".

"É um chamamento realista, que reconhece os desafios do estado, mas, ao mesmo tempo, olha para a frente", explica o secretário de Comunicação, Cleber Benvegnú. 

Possivelmente, a estratégia da administração comandada por José Ivo Sartori (PMDB-RS) é tentar angariar apoio na sociedade para uma série de medidas potencialmente impopulares em gestação para conter o déficit nas contas públicas do estado.

Informações que circulam na imprensa falam numa tesourada de entre de 25% a 40% nas despesas de custeio das secretarias. Nos últimos dias, surgiram rumores sobre a provável necessidade de parcelar o pagamento dos salários do funcionalismo estadual.

No final de janeiro, no auge das especulações sobre as medidas de corte de custos, chegou a ser ventilado que o Piratini estudava a extinção de fundações, sociedades de economia mista e autarquias. 

As informações que circularam sobre o plano, do qual não se ouviu falar mais desde então, colocavam como alvo a Corag, empresa responsável pela impressão de documentos oficiais do governo, a Companhia Estadual de Silos e Armazéns (Cesa) e Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), entre outras.

Na tônica do corte dos custos, a Coordenação de Comunicação do Palácio Piratini divulgou que a marca, assinada pelos publicitários gaúchos Newton Bento e Renato Konrath, foi cedida sem custo ao governo do estado.

A nota não chega a comentar que tanto Bento como Konrath estavam entre a principais figuras da campanha de Sartori, o que provavelmente está relacionado com a doação do logotipo de alguma forma.

De qualquer maneira, nos próximos dias, o governo iniciará um trabalho gradativo de adaptação de seus sites e materiais ao novo modelo. 

Segundo frisa Benvegnú, isso será feito sem pressa para evitar custos extras.