AGRO

AGCO sob ataque de ransomware

06/05/2022 12:54

A própria companhia anunciou o incidente, que afeta algumas de suas fábricas.

A AGCO é dona de marcas como Massey Ferguson. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A AGCO, fabricante multinacional de equipamentos agrícolas, anunciou globalmente nesta sexta-feira, 6, ter sido alvo de um ataque de ransomware que afeta algumas de suas instalações de produção desde a última quinta-feira, 5. 

Sem citar quais fábricas foram afetadas nem dar mais detalhes sobre o incidente, a empresa informou que ainda está investigando a sua extensão, mas acredita que as operações comerciais devem ser afetadas por vários dias.

Mais tempo ainda deve ser necessário para a retomada de todos os serviços, dependendo da rapidez com que a companhia for capaz de reparar seus sistemas. 

“Nossas expectativas em relação à resolução dos problemas são declarações prospectivas e os resultados reais podem ser materialmente diferentes devido a vários fatores, incluindo nossa capacidade de reinstalar o software com sucesso e restaurar as operações de TI nos locais afetados”, esclareceu a AGCO em nota.

O Baguete entrou em contato com a assessoria de imprensa da companhia no Brasil sobre o impacto do incidente nas unidades do país, que se limitou a afirmar: "as operações no Brasil seguem em atividade. De fato, a AGCO fez o anúncio e estamos trabalhando para resolver, forneceremos atualizações assim que possível".

A multinacional americana tem uma grande presença no Brasil, com sede em Jundiaí, São Paulo, e sete unidades fabris. Duas delas estão em território paulista e cinco, no Rio Grande do Sul.

Incluindo a Argentina, onde também tem uma fábrica, o mercado sul-americano representa 9% das vendas globais do grupo, contando com 245 concessionárias.

Fundada em 1990 e sediada nos Estados Unidos, a AGCO teve vendas líquidas de US$ 11,1 bilhões em 2021.

Com presença em mais de 140 países, a companhia atua no projeto, fabricação e distribuição de máquinas agrícolas e tecnologia de agricultura de precisão. A empresa é dona de marcas como Massey Ferguson, Valtra, Challenger, Fendt e GSI.

*Atualizado no dia 09/05, às 18h30, com a posição da AGCO sobre a situação na operação brasileira.

Veja também

SEGURANÇA
Apple, Google e Microsoft querem eliminar o uso de senhas

Gigantes querem usar celular para autenticar usuários nos seus serviços.

VERSÕES
CPQD: dados vazaram ou não?

Após notícia do CISO Advisor, o centro de pesquisa admitiu incidente, mas negou vazamento.

CRIPTOGRAFIA
Escola do MPU sofre ataque cibernético

A própria instituição informou o incidente, que afeta seus sistemas desde a última quarta-feira, 27.

INCIDENTE
Banco PAN tem vazamento de dados

Fragilidade em plataforma teria afetado pelo menos 64 mil clientes do segmento de cartões.

NOMES
Martins, ex-Lojas Renner, está na Unicred

Executivo assume a área de TI e Tecnologia em cooperativa financeira.

RESULTADOS
ISH fatura R$ 314,1 mi, alta de 19,4%

A empresa de cibersegurança tem intenção de abrir capital na bolsa de valores.