AUTOMAÇÃO

Saemas adota Elipse E3

06/11/2018 13:33

O projeto foi implementado pela Alfacomp Automação Industrial e foi concluído em março deste ano.

O Saemas é responsável por executar e explorar os serviços de água e esgoto na cidade do interior de São Paulo. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

O Saemas (Serviço Autônomo de Água, Esgoto e Meio Ambiente de Sertãozinho) adotou o Elipse E3 para automatizar o sistema de abastecimento de água em Sertãozinho. A autarquia municipal é responsável por executar e explorar os serviços de água e esgoto na cidade do interior de São Paulo.

O projeto foi implementado pela Alfacomp Automação Industrial e foi concluído em março deste ano.

Com o E3, é possível monitorar e executar comandos sobre as 20 unidades do sistema de abastecimento de água de Sertãozinho, cada uma delas composta de um reservatório e três motobombas. Para isto, disponibiliza uma tela destinada a cada unidade, na qual é possível supervisionar as vazões, pressões, tensões e correntes assinaladas junto às motobombas, assim como os níveis de água nos reservatórios.

Na mesma tela, o E3 permite também acompanhar a condição de operação das motobombas, informando, por exemplo, se há algum equipamento com defeito ou sob manutenção ou se a unidade já se encontra em operação naquele instante. 

Além disso, o software permite acompanhar ou resetar o período, em horas, de funcionamento das motobombas. O E3 permite visualizar e ajustar as configurações padrões definidas para as suas tensões e correntes. 

As configurações padrões determinadas para as pressões com que as motobombas bombeiam a água em cada unidade também podem ser monitoradas e ajustadas pelo software.

Entre outros recursos, a solução da Elipse permite emitir relatórios dos eventos, históricos e alarmes assinalados no período estipulado pelo usuário. 

“Os relatórios e informações geradas pelo E3 nos permitem diagnosticar e solucionar problemas com mais agilidade, dispensando o envio das rondas até cada unidade simplesmente para monitoramento”, diz Leandro Espinoza, químico do SAEMAS.

Segundo Espinoza, o controle possibilitou também verificar a necessidade de se elevar o fator de potência das motobombas.

“Graças ao E3, conseguimos verificar a necessidade de corrigirmos o fator de potência das motobombas e, a partir desta observação, podermos tomar, futuramente, as medidas mais indicadas para executar esta correção que, acreditamos, representará uma economia de energia na ordem de R$ 20 mil por mês”, revela.

Veja também

CRM
Tecnovin: SalesForce com Tech6

O projeto envolve a marca de sucos Suvalan, além da na fabricante de embalagens Newsul e na vinícola Gran Legado Vinhos e Espumantes.

BICICLETAS
Yellow recebe aporte de US$ 63 milhões

Com os novos recursos, a ideia é expandir a operação da Yellow para outras cidades do país e exterior.

CÓDIGO DE BARRAS
Código Verde rastreia espécies da Mata Atlântica

Projeto une GS1Brasil, PariPassu, Zebra Technologies e 3M com o Legado das Águas.

BACKUP
Unimed Ribeirão Preto adota Veeam com BS4IT

O tempo do backup completo do ambiente da Unimed Ribeirão passou para duas horas.

ANALYTICS
Grupo IN contrata novo CTO para A10

Augusto Guagliano atuou na Diageo por quatro anos.

REFORÇO
Oi contrata ex-CEO da TIM Fiber

Takayanagi deverá comandar a parte dos investimentos aguardados a partir do final do ano.