Fundo busca startups nacionais e estrangeiras voltadas para a área da saúde. Foto: Pexels.

Os grupos Fleury e Sabin, voltados para a medicina diagnóstica, anunciaram a criação do Kortex Ventures, seu fundo de Corporate Venture Capital (CVC), com R$ 200 milhões para investir em startups nacionais e estrangeiras voltadas para a área da saúde.

Com atuação e gestão independentes, o Kortex foi formado a partir do investimento conjunto das duas empresas para realizar aportes em healthtechs que tenham sinergias com os negócios de ambas as companhias.

O principal objetivo é investir de forma minoritária em negócios de medicina diagnóstica, medicina personalizada e saúde digital, ajudando a promover o desenvolvimento dessas pequenas empresas. 

A meta é que, em quatro anos, o fundo seja sócio de 15 a 18 healthtechs. 

Além de serem auxiliadas financeiramente, as startups terão acesso à rede de relacionamento e à estrutura técnica e científica das áreas de Pesquisa & Desenvolvimento das companhias, que estão presentes em todas as regiões brasileiras.

As aspirantes também podem ter os grupos como clientes.

“Queremos preservar a independência, agilidade e espírito empreendedor das empresas investidas ao mesmo tempo em que aprendemos com elas e incorporamos ao nosso negócio suas melhores soluções”, explica Carlos Marinelli, presidente do Grupo Fleury.

Para o mercado brasileiro, o Kortex Ventures deve entregar uma plataforma de conhecimento, desenvolvimento e validação de tecnologias, produtos e serviços.

“Temos o objetivo de apoiar empresas que inclusive transcendam a medicina diagnóstica, contribuindo com soluções inovadoras para os cuidados integrados da saúde tanto do indivíduo como da população”, conta Lídia Abdalla, presidente executiva do Grupo Sabin.

As healthtechs interessadas podem entrar em contato diretamente no site do fundo e se candidatar para receber os aportes.

O Grupo Fleury e Grupo Sabin possuem uma cooperação técnico-científica internacional desde 2018, quando investiram de forma conjunta na Qure, venture capital e incubadora de startups na área de saúde que faz parte do fundo de investimento israelense Ourcrowd.

Em julho de 2020, as companhias compraram 18% e 12%, respectivamente, da Prontmed, uma empresa especializada em prontuários eletrônicos.

O Grupo Fleury tem mais de 90 anos de existência, atuando com medicina diagnóstica, operações diagnósticas em hospitais e de laboratório de referência. São mais de 10 mil colaboradores e cerca de 2,5 mil médicos, com mais de 250 unidades de atendimento.

Fundado em 1984 em Brasília, o Grupo Sabin está presente em 12 estados e no Distrito Federal, nas cinco regiões do país. São mais de 5,4 mil colaboradores atuando em 296 unidades e um portfólio de 3,5 mil exames de análises clínicas e diagnóstico por imagem, vacinação e check-up executivo.