Ronaldo Miranda, gerente geral da Arrow ECS no Brasil. Foto: Divulgação.

A Arrow ECS, distribuidora que comercializa soluções corporativas de TI, fechou o ano de 2016 com 14 novas parcerias no Brasil.

No ano passado, a companhia agregou ao seu portfólio fabricantes como Oracle, RedHat, A10, Lenovo, ISS, Sophos, Tufin, Init, Vision e Alcatel-Lucent.

Com as novas parcerias, a Arrow soma um total de 33 fabricantes em seu portfólio. Além disso, há 3 novos contratos já fechados, que serão anunciados até março.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados de 2016, pois as metas foram alcançadas e o período de transição já passou. Estamos muito bem estabelecidos no país”, afirma Ronaldo Miranda, vice-presidente para América Latina e gerente geral da Arrow ECS no Brasil. 

A americana Arrow chegou ao Brasil em 2015, após comprar a CNT. Em 2016, a empresa  inaugurou um novo escritório em São Paulo, com uma estrutura para atender e oferece treinamentos aos parceiros.

Durante o ano passado, a empresa também promoveu um roadshow para colaborar com as revendas no movimento de transformação digital, apresentando soluções em segurança, cloud, data center/hiperconvergência, big data e internet das coisas (IoT).

“O ano de 2017 será fundamental para as revendas se desenvolverem nestas tendências e investirem em capacitação para oferecer soluções completas. Neste contexto entra a Arrow e seu portfólio cross solutions para ajudar com benefícios de financiamento e compra, mas também com suporte em treinamentos, demonstração de novas soluções, consultorias e contato direto com fabricantes”, comenta Miranda.

No roadshow, a empresa também detalhou o Arrow Advantage, novo programa de canais lançado em maio. Com foco em aumentar o cross selling, o projeto foi iniciado com foco nas parceiras localizada no “topo da pirâmide” da companhia.

Entre as mais de 2 mil revendas ligadas à distribuidora, o programa Advantage conta hoje com 77 companhias. Em 2017, o objetivo é chegar a 150 parceiras na iniciativa.

O programa adapta para o Brasil a estratégia da Arrow no exterior e foi desenhado por Adilson Mulha, ex-diretor de marketing da D-Link e country manager de marketing da HP Enterprise Group, contratado pela Arrow no final de 2015.

Além desse programa, a Arrow criou em 2016 uma diretoria de governo focada nos canais especializados no setor público. A área é composta por especialistas em pregões, licitações, editais e processos regulatórios. 

A diretoria oferece suporte administrativo, jurídico e comercial para as revendas atuarem no setor público e participarem de processos de venda utilizando a estrutura da Arrow. 

O segmento de governo foi um dos que mais se destacou em 2016 para a distribuidora, juntamente com os setores financeiro, farmacêutico e de agronegócio.

“Após a aprovação da PEC 55, muitos órgãos se movimentaram para utilizar seu orçamento, já que o montante vai incentivar os recebimentos até 2020. Com isso, a Arrow teve um 4º trimestre fantástico em termos de negócios”, relata Miranda.

Em 2016, o faturamento da empresa no Brasil subiu 43% em relação ao ano passado. A companhia não divulga os valores locais. Globalmente, a companhia faturou US$ 24 bilhões em 2015.