A 3M é uma companhia de base científica com mais de 35 unidades de negócio. Foto: Divulgação.

A 3M passou a utilizar o Office 365 ProPlus da Microsoft. Mesmo após investir em soluções de colaboração por 10 anos, a empresa afirma que a sinergia das informações e equipes não existia por completo, por isso buscou uma nova ferramente.

Além da integração de informações e documentos, a mobilidade de informações também foi uma questão relevante para a migração à nuvem. Através da adoção do Office 365, os colaboradores ganharam agilidade em todos os processos internos. 

Ferramentas como o Lync e o OneDrive também proporcionaram à empresa ganhos, como a integração dos colaboradores e disponibilidade de documentos e informações em local seguro.

“No antigo cenário, as equipes de vendas e marketing perdiam muito tempo convertendo documentos para que pudessem utilizá-los em diversas plataformas, principalmente no tablet – dispositivo muito usado em apresentações externas para clientes”, diz Stephen Magnuson, gerente de Infraestrutura de TI e Serviços da 3M.

Com a adoção, a equipe de TI também teve grande ganho de tempo, pois, além de não precisar dispor de colaboradores focados tempo integral na manutenção dos servidores e do correio, as ferramentas tornaram-se mais práticas e intuitivas, permitindo que o próprio usuário consiga administrar tarefas.

A 3M é uma companhia de base científica com mais de 35 unidades de negócio, organizadas em seis grupos de negócios: Consumo e Escritório; Display e Comunicação Gráfica; Elétricos e Comunicações; Cuidados com a Saúde; Industrial e de Transportes; e de Produtos e Serviços para Proteção, Segurança e Limpeza.

Com operações em mais de 70 países e mais de 88 mil funcionários no mundo todo, a companhia alcanço vendas globais de US$ 29,9 bilhões em 2012.