APORTE

Softbank investe R$ 250 milhões na Petlove

07/04/2020 14:57

E-commerce de produtos vai agregar um marketplace com serviços de pet shop.

As pet shops poderão vender serviços como consultas, tosas e vacinação. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

O banco japonês Softbank está investindo R$ 250 milhões na Petlove, e-commerce de produtos para animais de estimação.

De acordo com o site Brazil Journal, a Petlove vai usar os recursos para agregar ao seu e-commerce tradicional o modelo 3P, um marketplace onde as pet shops poderão vender serviços como consultas, tosas e vacinação.

Nos últimos nove anos, a Petlove foi de um faturamento de R$ 4 milhões para R$ 440 milhões esperados em 2020.

Mais de 65% do faturamento da empresa vem de assinaturas, em que o cliente monta uma cesta de produtos que lhe é enviada regularmente.

Ainda de acordo com a publicação, a companhia tem 160 mil assinantes ativos e a receita com assinaturas cresce 80% ao ano.

O mercado pet movimenta cerca de R$ 24 bilhões ao ano no Brasil, mas permanece fragmentado. Os líderes Cobasi e Petz faturaram cerca de R$ 1,1 bilhão cada, enquanto a Petlove fica com o terceiro lugar.

“Nos Estados Unidos, a Chewy já mostrou que o modelo de assinatura é o modelo vencedor. Você tem menos capital empregado, menos capital de giro, mais sortimento e uma logística programada”, disse Paulo Passonio, managing investment partner do Softbank, ao Brazil Journal.

Este é o 17º investimento do Softbank Latin America Fund, que já investiu 30% dos US$ 5 bilhões alocados ao fundo.

Com o investimento, o Softbank se junta à Tarpon como um dos dois maiores acionistas da Petlove.

Fundada em 1999, a Petlove só viu seu faturamento ganhar tração a partir de 2010, com geração positiva de caixa começando somente em 2017.

Ano passado, o investimento da Tarpon permitiu que a Petlove comprasse a Vet Smart, um aplicativo usado por 110 mil veterinários cadastrados, de um total de 140 mil que trabalham no Brasil, para ajudar na prescrição de medicamentos e dietas.

Veja também

RESULTADOS
Locaweb fatura R$ 385,7 milhões, alta de 22,5%

Companhia voltou a divulgar resultados trimestrais com bons números.

FÔLEGO
Varejo pede prazo maior para pagar impostos

Grupo do setor pediu o adiamento da cobrança pelos próximos 120 dias.

PESQUISA
Brasileiro tem artigo publicado na ADS

Biblioteca mantida pela NASA selecionou estudo de Marcelo Azambuja sobre RFID.

MERCADO
Linx prepara investidores para perdas

Efeitos negativos do coronavírus sobre o varejo devem ter consequências na empresa.

VENTURE CAPITAL
500 Startups tem novo sócio no Brasil

Flávio Dias, ex-CEO da Via Varejo, é investidor anjo em mais de 12 empresas.

EVENTOS
VTEX Day é adiado para setembro

São Paulo já havia orientado o cancelamento de eventos com mais de 500 pessoas.

ESTRELA
Michelle Obama vem para o VTEX Day

Ex-primeira dama será a estrela do evento. Isso é, se o evento realmente acontecer.

REFORÇO
Cadastra compra parte da ACCT

Agência digital investe em companhia especializada em projetos de e-commerce.

ADMINISTRAÇÃO
Oi terá CEO da Uber no conselho

Cláudia Woods foi listada pela Forbes como uma das 20 mulheres mais poderosas do Brasil.

E-COMMERCE
Marketplace Lounge A cresce no mercado da moda

Mais de 200 lojas parceiras oferecem calças, camisas, bolsas e sapatos entre outros.