HOME OFFICE

Zenvia manda cadeiras do escritório para casa

07/05/2020 13:37

Companhia montou uma operação em 29 cidades diferentes para melhorar o conforto do trabalho remoto.

Katiuscia Teixeira, head de gestão de pessoas na Zenvia, acabou ficando sem cadeira no escritório. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Zenvia, companhia gaúcha de plataforma de comunicação e serviços móveis, montou uma operação em 29 cidades do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Santa Catarina para enviar as cadeiras do escritório às casas dos funcionários que estão atuando em home office.

Com a pandemia do novo coronavírus, a empresa liberou todos os colaboradores para o trabalho remoto e fez uma pesquisa por e-mail para identificar o interesse em receber as cadeiras, que foi sinalizado por 77 deles.

Para colocar o envio em prática, foi preciso mobilizar uma equipe de 24 fornecedores, cerca de dez motoboys e mais de 70 pessoas. 

A companhia identificou as cadeiras de todos os interessados e contratou três empresas de logística para entrega nas residências.

“Acreditamos que, dessa forma, pudemos tornar o trabalho em casa mais prazeroso. Na Zenvia, valorizamos cada colaborador como uma pessoa única. Então, nada mais natural do que apoiá-los, de todas as formas que podemos, também durante a pandemia", afirma Katiuscia Teixeira, head de gestão de pessoas na Zenvia.

Além das cadeiras, foram enviados kits para a reunião trimestral de apresentação de resultados, contendo salgadinhos e cerveja, para os 220 colaboradores e três conselheiros em 27 municípios.

Dessa vez, foram envolvidas 61 pessoas, 21 fornecedores e mais de dez motoboys.

Todos colabores receberam o kit, inclusive os que estavam em férias, que poderão ver o conteúdo gravado. Também foram enviados alimentos específicos para os vegetarianos, que representaram mais de 80% do total.

Outra ideia da Zenvia foi transformar os valores do vale-transporte e do vale-combustível em auxílio financeiro para as despesas da casa, além de cancelar as férias de quem quisesse.

No período de distanciamento, a empresa também está promovendo bate-papos sobre ansiedade e saúde mental, reuniões virtuais frequentes com Cassio Bobsin, CEO da Zenvia, enviando mensagens de apoio via SMS e e-mail e oferecendo aula de yoga virtual duas vezes por semana.

A companhia aderiu ao movimento #naodemita, no qual diversas empresas se comprometeram a não reduzir seu quadro de funcionários pelo menos até o final de maio. As promoções, reconhecimentos e contratações também foram mantidas.

Com 16 anos de mercado, a Zenvia tem hoje 8 mil clientes. A empresa iniciou no mercado de sistemas baseados em SMS, mercado que passou a liderar em nível nacional em 2011.

Nos anos seguintes, com a tecnologia de SMS sofrendo assédio de novas formas de comunicação por dispositivos móveis, a Zenvia foi se reposicionando para ter uma oferta mais completa em diferentes plataformas.

Em 2018, a receita líquida da empresa foi de R$ 306 milhões, uma alta de 33% frente ao ano anterior.

Veja também

RESULTADOS
Totvs fecha trimestre com alta de 6,7%

Companhia começa bem um ano que promete ser difícil na economia brasileira.

CENÁRIO
Crise desafia as cleantechs

Ao todo, Brasil já tem 130 empresas focadas nas chamadas “tecnologias limpas”.

EUA
Amazon mantém home office até outubro

Empresa estendeu recomendação, que começou em março, a milhares de funcionários na região de Seattle.

NOVO NORMAL
Home office veio para ficar na TCS

COO diz que até 75% dos funcionários poderão trabalhar em casa até 2025.

INFRA
Zoom escolhe a nuvem da Oracle

Serviço de conferência mais badalado do momento surpreende ao escolher provedor.

CURSOS
Tivit libera acesso a cursos de tecnologia

Plataforma Courselog, desenvolvida pelo DOT Digital Group, ficará disponível até 30 de julho.

MOMENTO
Visão de médio prazo: mais cautela, mais empregos

A crise provocada pelo coronavírus exige calma para não colocar a empregabilidade em risco nem gerar um colapso econômico e social.

INOVAÇÃO
Principais vantagens dos projetos SAP entregues à distância

Integrate já tem experiência na entrega de projetos de B1 feitos remotamente.

REAÇÃO
Arezzo vira case na crise com tecnologia

Companhia acelerou muito as vendas online dobrando o volume de vendas em dois meses.

COVID-19
TI da Índia pode voltar no dia 20 de abril

Companhias poderão trazer metade da força de trabalho para os escritórios.