A Stefanini Training, empresa do grupo Stefanini, firmou uma parceria com o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) para qualificar profissionais e oferecer cursos de especialização nas áreas de segurança da informação, gestão estratégica de projetos e engenharia de software.

A pós-graduação lato sensu oferecida por meio da parceria com o ITA é voltada para todos os profissionais interessados ou indicados por suas empresas que preencherem os requisitos na seleção, independente de serem colaboradores ou clientes da Stefanini. 

Os cursos, que custam R$ 1.390 por mês, serão ministrados duas vezes por semana, no período noturno. As aulas começam no segundo semestre de 2014. 

A especialização em Gestão Estratégica de Projetos tem foco nas técnicas de planejamento, controle, execução de projetos e gestão de pessoas. O curso tem como base os conceitos e as melhores práticas do PMBOK (Project Management Body of Knowledge), do Project Management Institute (PMI).

Já a pós-graduação em Engenharia de Software trabalha a utilização das técnicas e ambientes de software e o alto grau de exatidão na determinação das necessidades de informação, integração e aperfeiçoamento nos processos de desenvolvimento de software. Incluiaulas como Gerenciamento de Projeto de Software, Modelos de Maturidade, Padrões de Projetos e Frameworks. 

O curso em Segurança da Informação apresentará as mais atuais técnicas e ferramentas da segurança da informação, englobando criptografia de informações e o processo de identificação, autenticação e autorização de acesso.

Oferecidos tanto no ITA, em São José dos Campos, quanto na própria Stefanini Training, em São Paulo, os cursos de pós-graduação terão início no segundo semestre de 2014 com duração de 18 meses. O processo de seleção é feito por meio de análise de currículo, entrevista pessoal com coordenadores do ITA e prova escrita.

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) é uma Instituição de Ensino Superior ligada ao Comando da Aeronáutica (COMAER). 

Criado em 1950, o ITA é considerado um centro de excelência no ensino de engenharia no Brasil e seu vestibular é reconhecido como um dos mais difíceis do país.

A relação candidato-vaga de seu vestibular é uma das mais altas do Brasil, e seus formandos são disputados a tapa no mercado. “Busco sempre contratar gente do ITA”, disse Alberto Carvalho, presidente da fabricante de bens de consumo Procter&Gamble no Brasil e ex-aluno da instituição, em entrevista a Exame.