CLOUD

Nuvem pública deve crescer 6,3% em 2020

07/08/2020 09:32

Expectativa do Gartner é que o setor alcance uma receita de US$ 257,9 bilhões no mundo.

Foto: Pixabay.

Tamanho da fonte: -A+A

O mercado mundial de serviços em nuvem pública deve crescer 6,3% em 2020, de acordo com pesquisa realizada pelo Gartner.

A expectativa é que o setor alcance uma receita de US$ 257,9 bilhões, superando a marca de US$ 242,7 bilhões registrada durante o mesmo período no ano anterior.

Segundo a análise, as vendas de Desktop as a Service (DaaS) apresentarão o maior crescimento, com alta de 95,4%, e arrecadação de cerca de US$ 1,2 bilhão. 

Para a empresa de consultoria, a explicação está na oferta de uma opção mais barata às organizações que precisaram se reinventar para suportar o aumento no número de colaboradores remotos, acessando aplicações corporativas com segurança.

“Quando a pandemia de Covid-19 começou, ocorreram alguns tropeços iniciais, mas a computação em nuvem acabou fornecendo exatamente o que deveria. Cloud Computing respondeu ao aumento da demanda e atendeu à preferência dos clientes por modelos de consumo elástico e de pagamento personalizado conforme o uso”, ressalta Sid Nag, VP de pesquisa do Gartner.

O fornecimento de Software as a Service (SaaS) continua sendo o maior segmento do mercado e deve crescer para US$ 104,7 bilhões em 2020.

Segundo o analista, o que está impulsionando o crescimento deste setor é a contínua mudança do modelo de licenças locais para o uso de SaaS baseados em assinatura, além da crescente necessidade de se implementar novas ferramentas de colaboração de software durante a pandemia.

O segundo maior mercado de serviços em nuvem é o de Infrastructure as a Service (IaaS), que deve crescer 13,4%, com arrecadação de US$ 50,4 bilhões. 

Com a desaceleração econômica global, a corporações estariam intensificando a urgência em deixar os modelos operacionais de infraestrutura tradicionais rumo às novas opções do cenário.

Em 2020, os serviços em nuvem pública servem como guia e principal destaque para as perspectivas de gastos com Tecnologia da Informação.

O Gartner prevê que os investimentos globais em serviços cloud cresçam rapidamente à medida que as economias reabram seus mercados e, com a retomada de atividades econômicas em regiões como a América do Norte, é esperado retornar a gastos de níveis mais altos em 2022.

Para o consultor Sid Nag, a utilização de serviços em nuvem pública oferece duas vantagens distintas aos CIOs durante a pandemia de Covid-19: escala de custo conforme o uso e gastos diferidos.

“Qualquer debate sobre a utilidade da nuvem pública foi deixado de lado desde o início da pandemia do coronavírus. Os CIOs podem investir significativamente menos dinheiro utilizando a tecnologia em nuvem em vez de aumentar a capacidade local de data centers ou adquirir um software licenciado tradicional”, afirma Nag.

Para o segundo semestre de 2020, as organizações que expandirem a funcionalidade do trabalho remoto vão priorizar o software de colaboração, o gerenciamento de dispositivos móveis, as soluções e a segurança da educação a distância, bem como a infraestrutura a ser dimensionada para suportar o aumento da capacidade.

Veja também

APOSTA
Logicalis compra 30% de startup de nuvem

Kumulus foi fundada em 2017. Companhias no nicho são disputadas há tempo.

MOVIMENTAÇÃO
Microsoft tem novo gerente de customer success

Fabio Scopeta retorna à América Latina após dois anos liderando equipes globais da companhia.

E-COMMERCE
Amazon terá CD no Rio Grande do Sul

Depois de perder o Mercado Livre, estado pode dar a volta por cima. Será que agora vai?

HOME OFFICE
Unimed Fesp tem trabalho remoto com Citrix

Projeto da Federação das Unimeds de São Paulo contou com consultoria da integradora AddValue.

HERMANOS
Globant compra GA

Maior companhia de TI da Argentina reforça seu portfólio comprando compatriota. Ambas estão no Brasil.

CARREIRA
Romney Dutra é novo sócio da MI Consult IT

Com 18 anos de experiência, executivo assume a função de CTO da consultoria.

NUVEM
Claranet compra Corpflex

Multinacional inglesa faz sua segunda compra no Brasil, visando aumentar presença local.

TODOS A BORDO
Azul confirma equipes com Oi Cloud Communication

Oferta da operadora de telecomunicações usa tecnologia da Genesys em modelo white label.

ABERTO
Serviços bancários digitais: uma revolução

Chegada do open banking deve abrir as portas para ainda mais fintechs.

EXCLUSIVO
Unimed Londrina monitora home care com Engineering

Cooperativa está utilizando o aplicativo com SmartQuestion, hospedado na Google Cloud Platform.