FarMais é uma das lojas da rede Brasil Pharma. Foto: flickr.com/photos/foxfabiana

A Brasil Pharma, rede nacional de varejo farmacêutico, centralizou as suas operações com a adoção dos serviços de datacenter da IBM, que também forneceu o novo ambiente ERP da empresa.

Com a solução, que utiliza o IBM Command Center em Hortolândia, o objetivo foi otimizar as operações e oferecer maior suporte às lojas por meio de uma infraestrutura que acomodasse o crescimento da empresa, atendendo assim às necessidades de negócio e aquisições.

Antes, a Brasil Pharma, rede com 1160 lojas em todo o país, adotava centros de dados independentes e distribuídos para acomodar a extensa rede de farmácias. Com a mudança, a varejista conta com serviços de monitoramento, administração, suporte e gestão 24x7.

A implementação ficou por conta da própria Big Blue, que projetou uma arquitetura composta por IBM System x, IBM System Storage, IBM Power e Networking, com tecnologia IBM System.

A implementação do projeto também teve a participação do Banco IBM, braço de leasing e financiamentos da IBM, que concedeu à Brasil Pharma um financiamento antecipado. Os valores não foram divulgados.

A Brasil Pharma é a maior rede do varejo farmacêutico no Brasil em número de lojas, com 727 lojas próprias nas regiões Norte, Nordeste, Sul e Centro-oeste, operando sob as bandeiras Big Ben, Rosário Distrital, Guararapes, Sant’Ana e Mais Econômica.

Os outros 433 endereços estão concentrados principalmente no Sudeste e pertencem à Farmais, a maior rede de franquias do setor. A Brasil Pharma é uma companhia aberta, com ações negociadas no Novo Mercado da BM&FBovespa.