Jefferson Machado. Foto: divulgação.

A Tecnocred, desenvolvedora de tecnologias para o cooperativas de crédito, anunciou nesta segunda-feira uma mudança de posicionamento no mercado financeiro, agora também de olho em bancos e financeiras de todo o país.

Fundada em 2003, a empresa nasceu da necessidade da cooperativa de crédito Unicred, que em 1998 criou e adotou as soluções ERP SAU e SACC, especializdas para o segmento. Hoje, além da Unicred, cerca de 80 cooperativas - tais como CrediVonpar, CrediPlan e Uniprime - estão na carteira.

Segundo a companhia portoalegrense, a experiência adquirida ao longo dos anos credenciou a empresa para atender a crescente demanda do mercado - em frentes como financeiras e bancos de pequeno e médio porte.

“Em 10 anos a empresa ganhou uma expertise imensa no setor tecnológico e aumentou seu escopo de serviços e tecnologias, produzindo, assim, uma grande variedade de soluções voltadas ao segmento financeiro. A abertura, portanto, é um processo natural da evolução da empresa”, explica Dr. Leo Airton Trombka, Presidente da Tecnocred.

A reformulação também se reflete na marca da empresa, que foi apresentada a clientes e imprensa nesta segunda-feira, 07, em evento em Porto Alegre.

Com a nova postura, a desenvolvedora espera registrar um crescimento ano a ano de 30 a 35% até 2016. Nos últimos 5 anos, o percentual de crescimento registrado pela empresa foi de 20% a 25%.

Conforme Jeferson Machado, superintendente da Tecnocred, a mudança no posicionamento foi um processo natural de crescimento, que teve sua estruturação iniciada em 2012.

Segundo destaca o executivo, mesmo sem divulgar o planejamento de abertura para estes novos mercados, no primeiro semestre de 2012 foram fechados 14 novos clientes, entre bancos, financeiras e novas cooperativas de créditos, que compõem o grosso da carteira de clientes da empresa.

"O posicionamento da abertura de mercado também engloba uma série de ações da empresa como o fortalecimento entre os futuros parceiros, assim como expansão técnica da companhia, trazendo ganhos em segurança, qualidade, agilidade e entrega de valor”, relata Machado.

Para reforçar este compromisso, Machado completa que a partir de 2014 a Tecnocred passará a integrar o Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP).

Na parte de TI, o novo posicionamento também exigiu uma grande reformulação nos processos de TI, com investimentos de cerca de R$ 3 milhões, conforme explica Machado. Uma delas foi a migração dos dados da empresa do Sybase para SQL Server.

Além disso, a empresa deixou de ser apenas uma fornecedora de soluções em software para seus clientes e firmou parcerias para atender sua clientela - como a Diebold na parte de caixas eletrônicos, por exemplo.

"Também investimos em novos módulos para nosso ERP, com aplicações de Business Intelligence otimizadas para cooperativas de crédito e de administração de contratos com clientes e fornecedores", frisa Machado.

Com sede em Porto Alegre, mas com atuação em 10 estados brasileiros, nas regiões sul, sudeste e centro-oeste, a empresa fornece soluções de cadastros básicos e genéricos de instituição, gerenciamento de aplicações e troca de arquivos com os bancos, entre outros serviços.