HOME OFFICE

Oi Fibra chega em Garopaba

07/10/2021 09:51

O serviço da operadora está disponível em mais de mil casas em Garopaba.

A Praia central de Garopaba. Foto: Ricardo Freire

Tamanho da fonte: -A+A

Garopaba, no litoral sul de Santa Catarina, passou a contar com serviços de internet por fibra ótica da Oi para clientes pessoa física e jurídica.

No estado, a companhia oferece o serviço em 13 cidades: Blumenau, Brusque, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Içara, Itajaí, Ituporanga, Joinville, Lages, Navegantes, Rio do Sul e Tubarão.

Segundo Giovani da Silva, diretor de Varejo e Empresarial da Região Sul, nesta primeira fase de lançamento são mais de mil casas aptas para receber o serviço em Garopaba.

“Com foco na expansão da fibra ótica a Oi atende a principal demanda dos clientes do Litoral Sul por banda larga de alta velocidade, com a melhor experiência de conectividade e serviços digitais”, explica o diretor

Garopaba é uma cidade litorânea, com cerca de 18 mil habitantes, mas um destino turístico badalado, que segundo dados do Sebrae, recebe aproximadamente 140 mil turistas na temporada.

O município é um destino especialmente popular entre gaúchos, muitos dos quais mantém uma segunda residência na praia. A oferta adicional de banda larga pode ser assim um incentivo à prática do home office, ou até mesmo de uma mudança.

A Oi Fibra cresceu 48% em número de clientes em Santa Catarina de janeiro a julho de 2021, número acima da média do mercado e lidera a expansão no serviço de internet de alta velocidade entre os grandes players. 

A Oi enfrenta nos últimos tempos um competidor local: a Unifique, que hoje é líder de share de fibra ótica no estado, com 24,5%.

Nos últimos dois anos, a empresa fez 18 aquisições, triplicando de tamanho e chegando em  143 cidades e 350 mil clientes, estando presente inclusive em Garopaba.

Veja também

SEMINOVOS
Microexato amplia esforços em serviços e compra de computadores

A empresa planeja dobrar sua capacidade de processamento até o final do ano.

APORTES
Multilaser investe R$ 20 mi em govtechs

A fabricante de eletrônicos será a primeira investidora de fundo criado por KPTL e Cedro Capital.

MUDANÇAS
Como fazer o home office durar?

Slack e NTT colocam em prática medidas visando o trabalho em casa a longo prazo.

E-COMMERCE
Nuvemshop compra Mandaê

Com a aquisição, a companhia entra no mercado de logística para PMEs. 

PANDEMIA
Empresas pedalam volta ao escritório

Metade dos ouvidos em um estudo da KPMG deixou retorno para 2022.

STARTUPS
Telefónica cria fundo bilionário

Leadwind pode ter até € 250 milhões, R$ 1,5 bilhão no câmbio de hoje.

CAPITÃO
TIM tem novo nome na segurança

Ricardo Salvatore tem uma longa experiência na Marinha do Brasil.