Servidor ProLiant Moonshot, da HP. Foto: divulgação.

A HP divulgou nesta segunda-feira a linha de servidores Moonshot, sua nova aposta para causar um impacto no mercado. Projetado para data centers de porte grande, a nova linha promete reduzir em 89% o consumo de energia e custar 77% menos.

A tecnologia da nova linha empresa chips semelhantes ao de smartphones para o processamento de dados, resultando em servidores de alta densidade, eficientes e ecnonômicos, segundo destaca a fabricante.

Além disso, de acordo com a HP, esta nova abordagem rendem ao novos servidores dimensões reduzidas - cerca de um quinto do tamanho - em relação aos concorrentes, também se apresentando como uma solução para otimizar o espaço nos racks dos data centers.

A nova classe de servidores foi projetada para vencer os desafios de TI criados por aplicações sociais, móveis, de nuvem e Big Data, conforme reporta o site norte-americano Globalpost

A linha consiste em dois produtos, o Moonshot 1500 e os servidores HP ProLiant Moonshot, otimizados para aplicativos. A linha de equipamentos está disponível com o processador Intel Atom S1200 e suporta cargas de trabalho orientadas à web-hosting.

Para Meg Whitman, CEO da HP, o HP Moonshot marca o início de um novo estilo de TI, otimizando a infraestrutura e criar a base para os próximos 20 bilhões de dispositivos.

“Com quase dez bilhões de dispositivos conectados à internet e previsões de crescimento exponencial neste sentido, chegamos a um ponto em que as demandas de espaço, energia e custo das tecnologias tradicionais já não são mais sustentáveis”, afirma.

Esta mudança em sua linha de hardware marca mais uma etapa na estratégia da HP de mudar seu foco específico nos PCs e investir em tecnologias móveis para tablets e smartphones.

Segundo Whitman, que está capitaneando esta transição, a companhia - que ainda figura como a maior fabricante de desktops do mundo - está progredindo neste aspecto, mas ainda há muito a ser feito.