A DroneMapp oferece soluções de mapeamento de precisão utilizando imagens captadas por drones. Foto: Pixabay.

A DroneMapp, que oferece soluções de mapeamento de precisão utilizando imagens captadas por drones, recebeu um aporte de capital feito pela rede de investidores-anjo Curitiba Angels, formalizado no final do mês de abril.

“Com esse investimento queremos reforçar nosso time de engenharia e software, e criar produtos que possam atender por completo as necessidades do mercado, oferecendo além da captura e processamento de imagens, soluções que resolvam efetivamente os problemas de nossos clientes”, completa o fundador da companhia, Tagôre Cauê Cardoso.

Com seis meses de operação, a empresa afirma possuir contratos “com grandes companhias líderes em seus mercados”, mas não abre nomes. 

A partir do aporte, a empresa curitibana se prepara para expandir seu mercado para todos os estados do Brasil, oferecendo soluções mais completas e personalizadas para atender as necessidades de cada segmento, como construção civil, incorporação imobiliária, mineração e agricultura.

Com a solução da DroneMapp, os clientes podem capturar imagens a partir de uma planejamento e tutoriais de voo feito pela empresa e fazer o upload das imagens, logs de vôo e pontos de apoio, quando presentes.

A DroneMapp processa os dados, criando ortofotos, modelos 3D e modelos de elevação. Depois, divulga os resultados na nuvem, que possibilita mapas interativos e download de arquivos em alta resolução.

A empresa cobra R$ 250 para cada análise com geração do ortomosaico, MDS, nuvem de pontos e modelo 3D, a partir do envio máximo de 1 mil fotos.

Depois, cobra um valor mensal para os clientes que desejam manter os resultados na nuvem. O valor varia de R$ 99 a R$ 199 ao mês, além de uma opção personalizada para empresas que buscam mais de 150 GB de armazenamento.