Polipropileno está entre os materiais mais usados na indústria mundial.

A HP acaba de lançar um novo material para uso em suas impressoras da linha Multi Jet Fusion 5200: o polipropileno (PP), um polímero termoplástico que está entre os materiais mais usados na indústria mundial.

O PP é o segundo plástico mais produzido do mundo, atrás apenas do polietileno, que é usado para fazer sacolas e garrafas PET. O mercado mundial para ele foi de US$ 126 bilhões no ano passado.

O lançamento do polipropileno como um material para impressão 3D em nível industrial é um desdobramento da parceria da HP com a BASF, gigante alemã do setor químico.

Companhias de impressão 3D vinham faz tempo tentando usar o polipropileno, que tem vantagens de preço e algumas características propícias como baixa absorção de umidade, resistência química e exposição solar. 

O material já é usado hoje em uma série de peças de carros, o que torna seu uso especialmente atrativo em processos de manufatura aditiva para a indústria automotiva, tendo ainda aplicações ainda na área industrial, de bens de consumo e médica.

O polipropileno é o material mais barato a estar disponível para uso nas impressoras da HP e tem ainda a vantagem de permitir a reutilização de 100% da matéria prima que sobra no processo.

“A combinação da ciência de materiais líder no mundo com as capacidades de impressão 3D mais avançadas entrega qualidade, confiabilidade e economia de custo para nossos clientes. O novo polipropileno tem aplicações desde prototipagem avançada até a produção de peças finais”, afirma Ramon Pastor, presidente da área de Impressão 3D e Manufatura Digital da HP.

Grandes organizações industriais como Extol, GKN/Forecast 3D, Henkel e Oechsler já estão trabalhando em novas aplicações para o polipropileno nas impressoras HP Jet Fusion 5200. 

Introduzida no mercado pela HP em 2016 em um movimento que mudou a geografia do mercado de manufatura aditiva, a linha de impressoras 3D Multi Jet Fusion está vivendo um crescimento exponencial.

O número de peças impressas com a tecnologia chegou a 18 milhões em novembro do ano passado, quase o dobro das 10 milhões reportadas em maio e mais de cinco vezes o total de novembro de 2018.

No Brasil, a revenda da tecnologia de manufatura aditiva da HP é a SKA, companhia especializada em soluções para indústria com 30 anos de atuação sediada em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul.

A SKA revende três modelos de impressoras 3D da linha Multi Jet Fusion, cada uma com uma aplicação diferente dependendo das necessidades: a HP Jet Fusion 5200, HP Jet Fusion 4200 e HP Jet Fusion 500/300.

Para conhecer as impressoras, saber mais sobre o Centro de Manufatura Digital e como a tecnologia Multi Jet Fusion da HP pode alavancar a sua indústria, a SKA estará ministrando um webinar sobre o tema na terça-feira, dia 16, às 14h.