ORGANOGRAMA

Randon promove CTO a VP

08/06/2021 09:47

Movimentação faz parte da criação de uma divisão com foco em digital.

Daniel Ely é agora VP na Randon. Foto: Jeferson Bernarndes.

Tamanho da fonte: -A+A

A Randon, um dos maiores grupos industriais do país, fez uma movimentação interna que coloca em destaque seus investimentos em inovação, criando uma nova divisão de Serviços Financeiros e Digitais, sob o comando do CTO Daniel Ely, agora promovido para o cargo de vice-presidente executivo.

Uma posição de VP na Randon não é pouca coisa. A empresa só tem três: o recém nomeado Ely, o COO Sérgio Carvalho e o CFO Paulo Prignolato. Todos respondem diretamente para o CEO, Daniel Randon.

Em paralelo, a Randon colocou no seu conselho de administração Ana Carolina Ribeiro Strobel, uma das sócias do fundo RedPoint. 

Strobel é um nome conhecido no ecossistema de inovação brasileiro, tendo sido por 16 anos diretora jurídica da Intel Capital, o fundo de investimento da Intel.

Foi criada ainda a diretoria de Novos Negócios no Banco Randon, assumida por David Felix, administrador com passagens como executivo em instituições financeiras como Banco Carrefour e Itaú-Unibanco.

A nova divisão de Serviços Financeiros e Digitais integra os negócios já existentes de banco, corretora e consórcio, junto com iniciativas de inovação, um setor no qual a Randon tem feito movimentos chamativos nos últimos tempos.

Desde 2020, quando criou a Randon Ventures, seu braço de investimentos, a Randon investiu em cinco startups. 

O último aporte foi na TruggHub, curitibana que possui um marketplace especializado em fretes de cargas fracionadas. 

Em fevereiro a companhia investiu R$ 2,5 milhões na startup Abbiamo, especializada no controle digital de processos logísticos, e R$ 13 milhões no Grupo Delta, referência nacional em tecnologia e serviços para o segmento de seguros e transportes. 

Em outubro de 2020, já havia investido R$ 500 mil na Reboque.me (agora chamada Soon), voltada para serviços de assistência 24 horas on-demand para veículos. 

Anteriormente, também investiu na TruckHelp, plataforma paranaense de soluções e serviços para caminhoneiros e transportadoras.

Outra aposta da Randon é a criação de uma fintech junto com a 4all, dona de nove startups nas áreas de pagamento e mobilidade. Chamada inicialmente de “projeto R4”, a nova empresa atenderá o segmento de logística e transportes.

O novo VP, Daniel Ely, está na Randon desde 2006 e passou por cargos de gerente, antes de assumir em 2014 a posição de diretor de RH e planejamento e, em 2020, a de CTO.

Além da Divisão de Serviços Financeiros e Digitais, a estrutura organizacional das Empresas Randon é formada também pelas divisões Montadora (que engloba as unidades da Randon Implementos) e Autopeças (que abrange unidades como Castertech, Suspensys, Master, Jost Brasil, Fras-le e empresas controladas).

Com um faturamento líquido de R$ 5,4 bilhões em 2020 (alta de 6,5%), a Randon tem presença em 100 países.

Veja também

CIO
Nizoli, da Stihl, assume GUCIO

Grupo de profissionais responde por um investimento anual de R$ 1 bilhão em TI.

RITMO
Metade do Itaú na nuvem até 2022

CEO do banco deu detalhes sobre projeto com a AWS em evento on-line.

FINTECH
PagueVeloz tem novo head de tecnologia

Com 24 anos de experiência, Wendy Krepsky fez carreira na Benner Sistemas.

TIME
Nubank contrata ex-Apple

Novo CMO é mais um numa longa lista de reforços de peso na fintech brasileira.

FORÇAS
Instituto Hélice e Trino Polo têm acordo

Entidades têm agenda comum de temas prioritários para inovação na Serra Gaúcha.

INOVAÇÃO
Randon faz APS com startup

Projeto está sendo implementado na Randon Implementos pela High Level.