Gigante da construção civil vai de outsourcing com a IBM. Foto: Divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

A Rossi, incorporadora e construtora, terceirizou sua infraestrutura de TI com a IBM.

A companhia contratou o Smarter Sourcing, oferta da Big Blue que engloba estratégia e planejamento de projetos de TI, sustentação e melhorias de aplicações e desenvolvimento de soluções, além da gestão de contratos de TI e do ambiente tecnológico.

O projeto foi estruturado em duas fases. A primeira foi composta pelos serviços de hosting do ambiente SAP e Hyperion, além do service desk, da construtora.

Na segunda, entrou em cena a operação do ambiente pela IBM, complementando os serviços com o hosting dos demais servidores e suporte a todos os sistemas da Rossi, além da gestão de contratos de fornecedores específicos.

O projeto incluiu, ainda, a contratação do gestor de TI da Rossi, Reginaldo Mobrizi, para a equipe da IBM.

“Estou unindo meus conhecimentos da cultura Rossi com a expertise da IBM para prestar o melhor atendimento ao meu cliente”, comenta Mobrizi.

Já de acordo com Renato Vianna, sócio da divisão de Consultoria da IBM Brasil, a terceirização trará economia de cerca de 15% a Rossi, entre redução de custo e aumento de produtividade da área de TI.

“Esse ganho é decorrente da melhor alocação dos perfis, entre a gestão do negócio com os analistas da Rossi e a execução da operação com o nosso time”, ressalta o executivo.

O projeto, de valor não divulgado, foi financiado via Banco IBM, braço financeiro da Big Blue.

Há mais de 30 anos no mercado, a Rossi já entregou mais de 65 mil unidades construídas em todo o país.

Atualmente, a incorporadora tem 232 empreendimentos em construção.

No primeiro trimestre deste ano, a incorporadora teve prejuízo de R$ 9,97 milhões, revertendo lucro líquido de R$ 62,65 milhões do mesmo período do ano anterior.