A Gemalto alcançou faturamento anual de € 2,4 bilhões em 2013.

A holandesa Gemalto irá adquirir a SafeNet por US$ 890 milhões. As duas empresas atuam no segmento de segurança digital e a conclusão da aquisição está prevista para ocorrer no 4º trimestre 2014.

O negócio vai expandir a base de clientes da Gemalto nos Estados Unidos e reforçar a sua oferta na proteção de dados em um momento em que a segurança cibernética é uma dor de cabeça crescente de corporações e agências governamentais.

"Há um ajuste perfeito entre a segurança da Gemalto e da SafeNet, o que permitirá acelerar a implementação de soluções de segurança forte, expandir as tecnologias e as oportunidades de crescimento em proteção do acesso on-line", afirma Olivier Piou, CEO da Gemalto.

Segundo a empresa, o lucro operacional previsto para 2017, de € 600 milhões, deverá ser superado em cerca de 10%.

Com sede em Maryland, nos EUA, e com unidades em 27 países, a SafeNet é uma empresa dedicada à segurança da informação digital, responsável pela proteção, controle de acesso e gerenciamento dos dados e aplicações de software.

Segundo a empresa, a tecnologia SafeNet protege mais de 80% das transferências de recursos intrabancários do mundo e seus mais de 1,5 mil funcionários atendem mais de 25 mil clientes.

Entre os clientes que utilizam as soluções da SafeNet estão Bank of America, Cisco, Dell, Hewlett-Packard, Netflix e Starbucks.

A Gemalto alcançou faturamento anual de € 2,4 bilhões em 2013 e conta com mais de 12 mil funcionários atuando em 85 escritórios e 25 centros de pesquisa e desenvolvimento de software localizados em 44 países.