PDVs

Omie compra Devi Tecnologia

08/09/2021 09:58

Empresa de software de gestão na nuvem faz primeira compra com dinheiro de aporte.

Marcelo Lombardo, fundador e CEO da Omie. Foto: divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

A Omie, empresa de software de gestão na nuvem, acaba de comprar a Devi Tecnologia, dona de um sistema para frente de loja (PDVs, no jargão).

O valor do negócio não foi revelado. Foi a primeira compra fechada pela Omie depois de levantar R$ 580 milhões em uma rodada pré-IPO liderada pelo Softbank, um mês atrás.

Com 15 funcionários e cerca de 1,5 mil clientes, a Devi Tecnologia é uma empresa pequena, mas muito aderente ao negócio da Omie.

Isso porque 67% dos clientes da Devi já usam a solução online da Omie, porque a Devi vende seu software por meio do Omie Store, um marketplace com mais de 60 soluções complementares de diversas verticais que podem ser integradas nativamente ao software de gestão online da Omie.

A solução da Devi é focada em pequenos negócios, sendo que aproximadamente 90% dos clientes faturam menos de R$ 10 milhões.

Em entrevista ao NeoFeed, Marcelo Lombardo, fundador e CEO da Omie, disse que a empresa deve fazer “mais uma ou duas aquisições” nos próximos 30 dias. Os setores alvos incluem saúde, food service e de transporte, além de outras soluções da área de varejo.

Em novembro do ano passado, a Omie adquiriu a Mintegra, que, como o próprio nome diz, integra marketplaces e lojas virtuais, automatizando fluxos de controle de estoque e geração de pedidos de vendas.

Hoje, a Omie conta com 73 mil clientes e movimenta, mensalmente, R$ 12 bilhões em documentos fiscais faturados por seus usuários. 

Recentemente, a empresa fechou uma parceria com o Itaú, no portal Meu Negócio, que deu acesso à companhia a 1,5 milhão de PMEs que possuem algum relacionamento com o Itaú Unibanco.

Veja também

ERP
Omie recebe aporte de R$ 580 mi

Rodada série C foi liderada pelo SoftBank com participação de outros seis investidores.

VISÃO
O ERP vai sumir

CEO da Omie faz previsão ousada sobre o mercado em artigo para o Baguete.

NOMES
Rodrigues, ex-Omie e Totvs, está na Procenge

Empresa de ERP sediada em Recife tem um novo gerente comercial.

IMÓVEIS
Luggo migra para Oracle Cloud

A startup da MRV adotou o ERP Cloud e o software CX em projeto da paulistana BExpert.

FARMA
Myralis migra SAP para o Google Cloud

ERP agora está na nuvem, em um projeto feito em três meses pela Santo Digital.

FACES
Unico terá B1 da SAP

Idtech mais badalada (e investida) do país fecha contrato com a Megawork.