Canoas fica na região metropolitana. Foto: divulgação.

A prefeitura de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, contratou a Aceco TI para fornecer um container data center com capacidade de 30kVA, mais o moving dos seus equipamentos e 36 meses de serviço de monitoramento por R$ 1,9 milhão.

O pregão foi realizado no final de julho e ordem de serviço foi assinada pelo prefeito Jairo Jorge (PT) nesta quarta-feira, 08. 

A nova estrutura ficará na área do paço municipal e deve ser implantada em 60 dias.

Além da Aceco TI, participaram do pregão presencial para contratação a HSH, Gemelo Brasil  e Sodalita.

A maior disputa de lances se deu entre Aceco e Gemelo, mas a Gemelo foi inabilitada posteriormente por problemas na sua documentação técnica. A proposta final representa uma queda de 24% frente ao primeiro preço oferecido.

O presidente do CanoasTec, José Eduardo Bueno, aponta o projeto como um importante avanço na qualidade dos serviços de TI, demandados por todas as secretarias municipais. 

“Canoas tem inúmeros projetos inovadores e esta tecnologia vai sustentar e dar suporte a eles”, explica Bueno.

Bueno, ex-superintendente executivo da unidade de infraestrutura de tecnologia do Banrisul, e assumiu a CanoasTec em setembro de 2013.

A estatal municipal de tecnologia começou a operar em 2012, no final do primeiro mandato de Jorge. 

A empresa tem se caracterizado por ter profissionais de mercado à frente da operação. 

Os dois primeiros Daniel Scherer e Alexandre Marmitt, eram inclusive oriundos da iniciativa privada (GetNet e Paquetá, respectivamente), o que é raro em empresas de TI do meio público.

Entre os projetos da CanoasTec, estão um contrato de R$ 370 mil com a Mesotec, de Brasília, para implementar o Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle em Gestão Pública na cidade.

Outro deles é o Mobi, uma plataforma web para em que podem ser consultadas linhas, itinerários e paradas do transporte coletivo da cidade, desenvolvido internamente.

Município com 324 mil habitantes e PIB per capita anual de R$ 38 mil, Canoas entra num grupo seleto no Brasil, o dos municípios com companhias de processamento de dados.

Na Associação Brasileira das Entidades Municipais de Tecnologia da Informação e Comunicação (Abemtic) são apenas 11 cidades com iniciativas similares.

A Aceco tem a experiência de mais de 800 data centers e 400 projetos de centros de comando para clientes como TIM, Embratel, Ativas, Alog Equinix, T-Systems, Petrobras e BNDES.

A empresa faturou R$ 566 milhões em 2013, um crescimento de cerca de 60% em relação ao a 2012. No começo de abril, a empresa foi comprada pelo fundo americano KKR.

No Rio Grande do Sul, onde é representada pela ATI Solutions, a empresa está trabalhando em projetos como o Centro Integrado de Tecnologia da Informação, mega data center de R$ 40 milhões em construção em Porto Alegre para reunir as estruturas de informática do Hospital de Clínicas (HCPA), Centro Nacional de Supercomputação (Cesup) e Centro de Processamento de Dados da UFRGS (CPD-Ufrgs).