Todo mundo na Sompo agora usa as mesmas ferramentas. Foto: divulgação-Sompo.

A Sompo Seguros, uma das maiores empresas do segmento no país, unificou suas ferramentas de business intelligence com o uso do QlikSense em um projeto entregue pela Nórdica, uma das grandes parceiras da Qlik no Brasil.

Antes, a companhia usava as ferramentas VA, da SAS; Power BI, da Microsoft e QlikView, um outro produto da Qlik.

Em 2017, os usuários VA foram migrados para QlikView. Em 2018, Tudo o que estava em QlikView migrou para QlikSense, um produto de maior facilidade de uso, baseado no conceito de “BI self service”. 

No final de 2018, algumas áreas que trabalhavam com Power BI migraram para QlikSense. 

O objetivo do projeto era homogeneizar os relatórios na companhia e aumentar o controle por parte da área de TI dos sistemas implementados, reduzindo o risco operacional de instalações de sistemas por diferentes áreas com base em seus próprios orçamentos, a famosa “shadow IT”.

Foram 167 aplicações desenvolvidas com Qlik Sense, com 855 licenças profissionais.

“Ganhamos muito em User eXperience (UX), Self Service BI, além de controle e governança sobre as aplicações. Hoje, as aplicações estão 100% mais rápidas e as cargas da malha melhoraram em no mínimo 200%”, revela Vagner Shindi Kambala, coordenador da área de TI - Inteligência de Negócios da Sompo Seguros no Brasil.

A Sompo Seguros S.A. é uma empresa do Grupo Sompo Holdings, um dos maiores grupos seguradores do Japão e do mundo, resultado da fusão da Marítima Seguros e da Yasuda Seguros.

Só no Brasil, a Sompo Seguros alcançou em 2018, R$ 3,5 bilhões em prêmios emitidos. A companhia conta com 43 filiais, quase dois mil colaboradores e mais de 26 mil corretores cadastrados.