SAÚDE

Under Armour lança rede para fitness

09/01/2015 10:44

Seu painel conecta usuários de wearables focados em exercícios e saúde.

UA Record conecta usuários de wearables focados em exercícios e saúde. Foto: aslysun/Shutterstock.com

Tamanho da fonte: -A+A

A Under Armour anunciou na Consumer Electronics Show, em Las Vegas, o lançamento do UA Record. O sistema usa ferramentas de acompanhamento digital de exercícios e conecta usuários, criando uma comunidade de fitness

Seu painel permite que os usuários de wearables focados em exercícios e saúde interajam com outros ao compartilhar resultados e postar fotos e vídeos.

“É uma rede social para atividades físicas”, afirmou Robin Thurston, vice-presidente sênior, no espaço de exibição da CES.

As possibilidades do UA Record incluem monitoramento de atividades com GPS a partir de sensores mobile e aparelhos de outras marcas, análise de treinos individuais e um acompanhamento de progresso, com contagem de passos, sono, queima calórica, freqüência cardíaca, e peso.

Durante anos, a Nike tem gerenciado seus próprios aplicativos de monitoramento de saúde, e outras gigantes da tecnologia, como Apple e Samsung, têm tentado abocanhar um pedaço desse mercado também.

A Under Armour agora passa a perseguir a Nike em um negócio que vai além de seu foco orginal. 

Além das roupas esportivas para consumidores e equipes esportivas, em que a Under Armour tem avançado (inclusive no Brasil, com o acordo recente fechado com o São Paulo Futebol Clube e a tentativa de substituir a rival no Internacional) a disputa acontece também na tecnologia.

Veja também

BAND
Microsoft lança seu primeiro wearable

Empresa anunciou pulseira inteligente e plataforma de saúde que complementa o gadget.

E AGORA?
Google Glass perdendo o gás?

Usuários e desenvolvedores estão perdendo o ânimo com o até então promissor aparelho do Google.

AINDA NÃO
Samsung: wearables vão demorar no Brasil

Empresa acredita que dispositivos só engrenarão no mercado local daqui a dois anos.

WEARABLE
TAG Heuer: smartwatch com Intel

O relógio deverá medir passos, calorias e analisar a qualidade do sono.

PREVISÃO
Gartner: wearables "imperceptíveis" no futuro

Consultoria aponta que tecnologias vestíveis estão ficando cada vez mais discretas.

OFERTA
Vivo começa a vender smartwatches

Vivo é a primeira operadora a incluir wearables em seu portfólio de produtos.

RIVAL DO GLASS
Intel: US$ 25 mi por participação no Vuzix

A fabricante de chips norte-americana parece determinada a estar na vanguarda dos wearables. 

CURIE
Intel mostra chip do tamanho de botão

Empresa apresentou o Curie, chip que é aposta da empresa para bombar no mercado de wearables.