AR - TERRA

Gol: Sita e Flightman em 130 aviões

09/05/2012 12:23

Solução unifica a comunicação entre aeronave e operações terrestres, e será implantada em toda a frota da Gol de 130 unidades do modelo Boeing 737-NG.

Foto: divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

A Gol fechou um contrato de cinco anos com a Sita, empresa especializada em soluções de TIC para a indústria aérea, que inclui fornecimento de aplicativos e serviços para integração a um novo pacote eletrônico de dados (EFB, na sigla em inglês para Electronic Flight Bags).

A solução unifica a comunicação entre aeronave e operações terrestres, e será implantada em toda a frota da Gol de 130 unidades do modelo Boeing 737-NG.

Os aplicativos e serviços, que serão fornecidos pela Sita, com implantação da parceira Flightman, serão executados no hardware EFB do cockpit das aeronaves, integrando a tecnologia EFB aos sistemas de TI da companhia.

A integração facilita a troca de informações entre as aeronaves e operações terrestres, garantindo a entrega de dados por múltiplos canais – celular, WiFi do aeroporto ou via satélite – usados por cada empresa.

“Os EFBs a bordo dos aviões reduzem os custos operacionais relacionados aos processos baseados em papel e apoiam a segurança das operações, reduzindo o risco de erro humano”, ressalta Philip Clinch, VP de serviços a aeronave da Sita.

Já o capitão Adalberto Bogsan, vice-presidente da Gol, salienta que o serviço EFB da Sita e aplicativos da Fligthman irão agilizar os processos em torno da aeronave, permitindo aos pilotos a recuperação de planos de voo e manutenção de documentos importantes de forma rápida e fácil.

“Nosso time gosta especialmente dos recursos de gerenciamento de fluxo de trabalho do aplicativo, porque permite que a tripulação tenha medidas mais eficientes para encontrar as informações necessárias que minimizam a carga de trabalho de voo”, comenta o VP.

No projeto, a equipe da Sita também irá trabalhar com a Gol em workshops para análise de casos de negócios e apoio para obter aprovações regulamentares para uso e suporte do programa de gestão de mudanças internas da companhia aérea.

“A implementação já começou na GOL e quando as aprovações regulamentares estiverem completas, a solução EFB será utilizada nas 130 aeronaves”, afirma  Clinch.

Ainda de acordo com o executivo, a Sita também fornece para companhias aéreas a infraestrutura Acars, sistema de monitoramento pró-ativo e gerenciamento de desempenho já usado em mais de 12 mil aeronaves em todo mundo.

“Nossas soluções podem ser usadas tanto por companhias com 25 aeronaves quanto por aquelas com mais de 600”, finaliza ele.

A Sita fornece e administra soluções comerciais para companhias aéreas, aeroportos, GDS, governos e outros clientes da área.

A companhia emprega mais de duas mil pessoas em todo o mundo e tem duas subsidiárias: OnAir, que presta serviço de conectividade em voo, e Champ Cargosystems, empresa de TI para transporte aéreo de carga.

A corporação opera, ainda, a Aviareto, voltada à gestão de ativos de aeronaves, e CertiPath, de gestão de identidade eletrônica.

Atualmente, a Sita atende a cerca de 2,7 mil clientes em mais de 200 países e territórios.  

Em 2010, a empresa fechou com receita de US$ 1,46 bilhões.

Veja também

TURBULÊNCIA
Gol tem programa de demissões

A Gol abriu ontem um programa de demissão voluntária nesta sexta-feira, 23.

Segundo informa a Folha de São Paulo, a meta é demitir até 240 pessoas, metade pilotos e a outra metade comissários.

A companhia não confirma o número e disse ao jornal paulista que não se tratava de um PDV.

Gol vende passagem aérea no Trensurb

A Gol abriu na última segunda, 02, um ponto de venda de passagens aéreas na estação Mercado do Trensurb, em Porto Alegre.

A companhia, que é pioneira na venda de passagens aéreas em metrôs e nas regiões populares, está apostando no poder de compra da nova classe média brasileira – que representa cerca de 40% dos passageiros da Gol – para turismo doméstico.

Gol atualiza TI em 48 aeroportos com Capgemini

A Gol acaba de concluir um projeto de modernização de TI nos 48 aeroportos nacionais onde tem base e em mais três escritórios localizados em São Paulo.

O trabalho ficou a cargo da CPM Braxis Capgemini,que fez a substituição de todas as estações de trabalho e servidores utilizados nestas estruturas, além de homogeneizar o ambiente virtual, que antes era diversificado.

Gol: TI do nada à força total

Quando a Gol comprou a Varig, em 2007, a TI da companhia adquirida era um setor "totalmente secundário" e "extremamente ineficiente", segundo o vice-presidente de Planejamento e TI da Gol, Wilson Maciel Ramos.

"Não havia decisões centralizadas ou integradas sobre software, hardware, nada - tudo era de acordo com a vontade do usuário", contou o VP durante o MV Experience, fórum que a gaúcha MV realiza em São Paulo nesta quinta-feira, 22, e sexta, 23.

Sita e Orange Business: acordo de US$ 2 bi
A Sita, especialista em soluções de comunicações e TI para a indústria de transporte aéreo, e a Orange Business Services, operadora de comunicações integradas, anunciam nesta quarta-feira, 07, um acordo de sete anos, avaliado em mais de US$ 2 bilhões.

A aliança tem o objetivo de atender a demanda de serviços de comunicações para linhas aéreas, aeroportos e outros participantes da indústria.
TAM e Aimia criam empresa de fidelização
A Multiplus, rede de programas de fidelidade controlada pela TAM, acaba de assinar contrato com a canadense Aimia para criar a Companhia Brasileira de Serviços de Fidelização.