Marcelo Ramos, vice-presidente sênior e gerente geral da Axway para a América Latina. Foto: Divulgação.

A Axway, multinacional francesa de soluções para governança de fluxo de dados, quer aumentar a participação dos canais nos projetos da companhia no Brasil. Hoje, os parceiros são responsáveis por 35% das vendas, e a expectativa é que o índice chegue a 50% até 2018.

Para isso, a empresa busca aumentar sua rede de canais no país. Hoje, são 10 parceiros em três categorias: referral, reseller e serviços. 

O referral indica projetos em andamento e atua como facilitador no contato com o cliente. Já o reseller conduz todo o ciclo de venda, com suporte da área de pré vendas e canais da Axway – os integradores se encaixam nessa modalidade.

Enquanto isso, o parceiro de serviços atua após a venda realizada pela Axway, prestando serviços de implementação e consultoria ao cliente. 

A Axway tem hoje entre seus parceiros nomes como Stefanini, GPS, Foursys, Alcore e Size IT.

“Nossa meta é atrair novos parceiros em São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e região Sul do país, agregando de 5 a 8 novos parceiros que possam, principalmente, atuar como resellers e prestar serviços nestas localidades”, relata Marcelo Ramos, vice-presidente sênior e gerente geral da Axway para a América Latina.

Com isso, a empresa espera fechar 2017 com uma divisão de 60% de vendas diretas e 40% de vendas por canais, considerando toda a América Latina.

“Nossos parceiros têm todo o acompanhamento do time de vendas no processo inicial de trabalho. Além disso, mantemos um portal com materiais de apoio que subsidiam os parceiros no conhecimento dos produtos e na argumentação de venda. Temos também um diretor de canais e alianças para a América Latina, Luiz Amâncio, que irá liderar a expansão na América Latina, em especial o Brasil”, comenta o vice-presidente.

Para atrair canais, a companhia aposta na plataforma Axway Amplify, que permite que as organizações contem com uma comunidade de desenvolvedores, com aplicativos projetados operando em mais de 300 milhões de dispositivos. 

“A partir de aquisições importantes que fizemos recentemente, como a Syncplicity, queremos expandir nossa penetração no mercado latino-americano e oferecer um portfólio muito mais robusto e integrado para transformar a forma como as empresas modernas colaboram e inovam por meio dos ecossistemas digitais”, afirma Ramos.

A Axway iniciou sua presença no Brasil em 2013, após comprar a carteira de clientes da SCI, que atuava como representante exclusiva das soluções da companhia no país até então.