A R. Franco Engenharia adotou o Mobuss Construção. Foto: Divulgação.

A R. Franco Engenharia, companhia do Paraná especializada em construção e reformas de obras industriais e comerciais, adotou o Mobuss Construção, sistema de mobilidade desenvolvido pela Teclógica.

Com acesso via dispositivo móvel, a solução permite o registro das atividades no próprio canteiro de obras, sem a necessidade com conexão web. 

Hoje, cinco dos oito módulos disponíveis no sistema estão em uso na R. Franco: apontamento, qualidade, segurança, documentos e registros. 

Sandro Andrey Ramos da Silva, coordenador de planejamento e suprimentos da companhia, afirma que o investimento na ferramenta representa menos de 1% do custo total da obra. 

“O Mobuss Construção nos possibilitou um controle mais efetivo e reduziu a zero o uso de papel nas obras. Ganhamos ainda na organização dos dados e na consequente padronização dos processos para um controle eficaz. Tudo isso resultou na qualidade do produto final, que pode ser entregue com redução de tempo na execução de algumas tarefas”, diz. 

Silva explica que, através do módulo de apontamento, a R. Franco passou a identificar serviços, etapas ou composições que não foram consideradas inicialmente para o projeto. 

“O registro e evidenciação das horas gastas em atividades não previstas foi um ponto bastante útil. Desta forma, foi possível trabalhar com planos de ações em cada obra a fim de minimizar este tempo perdido”, avalia. 

Já na área de qualidade, Sandro pontua que o acompanhamento de inspeções e seus resultados passaram a ser seguidos pela central.

“Assim há a possibilidade de gerenciamento de não conformidades detectadas durante o projeto. A gestão a distância que o Mobuss Construção trouxe foi um ponto crucial, já que nossas obras se encontram em regiões e cidades diversas”, comenta.

Gestão de EPI’s, treinamentos dos profissionais e relatórios das atividades passaram a ser realizadas via tablet, com o módulo de segurança do Mobuss Construção.

Por fim, a gestão dos documentos e dos registros relacionados às obras da R. Franco passou por uma redução de falhas em relação ao arquivamento. 

“O sistema utilizado anteriormente neste processo tinha baixo grau de confiabilidade e com os módulos de documentos e de registros do Mobuss Construção, conseguimos padronizar os processos e reduzir o tempo das operações. Hoje contamos com um local centralizado para a busca e atualização de documentos, maior controle sobre revisões em andamento, redução de circulação e cópias obsoletas”, finaliza.

Atualmente, 90% dos documentos das obras da R. Franco são controlados através do Mobuss Construção. A construtora conta com as certificações ISO 9.001, ISO 14.001 e OHSAS 18.001 e foi responsável pela execução de projetos de empresas como Petrobrás, Vale, Walmart, O Boticário e Votorantim em diferentes locais do país.

A Teclógica, empresa de gestão de processos de TI e negócios, teve um crescimento de 30% no faturamento em 2016, chegando a aproximadamente R$ 26 milhões. Entre os clientes da companhia estão nomes como como CPFL, AES Brasil, Meritor, Eztec, TBSA e Hering.