CAMPANHAS DE 2004

TIM e Vivo multadas por propaganda enganosa

09/07/2013 16:44

Tarda, mas não falha: operadoras são multadas por campanhas enganosas de 2004. Foto: Flickr.com/circulaseguro

Tamanho da fonte: -A+A

TIM e Vivo anunciaram que vão avaliar as multas milionárias definidas pelo Ministério da Justiça por casos de propaganda enganosa envolvendo campanhas veiculadas pelas companhias há nove anos.

Em comunicado, a TIM afirma ainda não ter recebido notificação sobre a multa, que para a operadora soma R$ 1,654 milhão por propaganda relacionada à campanha “Namoro a Mil”.

Realizada em 2004, a campanha foi considerada enganosa pelo ministério por não apresentar “de forma adequada, clara e ostensiva as condições para o consumidor obter os minutos e torpedos promocionais”.

A tele também se defendeu dizendo que desde que se reposicionou no mercado, há cerca de quatro anos, não trabalha mais com ofertas semelhantes às da campanha, ou seja, referentes a concessão de bônus em minutos.

No caso da Vivo, a multa estipulada é de R$ 2,26 milhões por propaganda considerada enganosa.

Para esta empresa, o ministério autuou a campanha “Vivo de Natal”, também de 2004, sob a mesma alegação de falta de clareza sobre as regras para obtenção dos bônus da promoção.

O MJ também acusa a Vivo de ter vendido mais pacotes do que sua então capacidade operacional permitia entregar.

Veja também

ANATEL
Oi acumula mais de R$ 65 mi em multas

Anatel divulgou mais R$ 13,8 milhões em multas para a operadora, que acumulou várias nos últimos 30 dias.

NÃO FOI SUFICIENTE
Procon POA volta a multar teles

Órgão multa Vivo, Claro, TIM e Oi por não atender a exigências de melhorias estipuladas em julho.