Ypy em ação. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A GfK, especializada em pesquisas de mercado, adquiriu 240 tablets da Positivo Informática para informatizar suas análises no Brasil. O investimento surgiu da necessidade de consolidar seus dados de maneira mais rápida e segura.

A nota não revela o valor do contrato, mas, comprados no varejo, os tablets Positivo Ypy 10 custariam cerca de R$ 149.760, ou seja, R$ 624 cada.

O modelo de 9,7 polegadas se assemelha ao tamanho de uma folha de papel, tornando as respostas mais rápidas, sem precisar utilizar a barra de rolagem para ler o conteúdo.

“Agora, os dados são transmitidos logo que a pesquisa é finalizada, já que o dispositivo possui tecnologia 3G. O controle sobre o volume de entrevistas realizadas também ficou mais simples, e, rapidamente, diagnosticamos a real necessidade de dar continuidade à pesquisa”,destaca Wander Salles, diretor de TI da GfK.

As vendas de tablets no país estão aquecidas, com um total de 3,3 milhões de unidades comercializadas no primeiro semestre do ano - um crescimento de 165% sobre o mesmo período no ano passado.

Segundo dados divulgados pelo IDC, a venda destes dispositivos móveis representaram 34,8% do mercado de eletrônicos - PCs, notebooks e tablets.

A GfK está presente em 100 países e conta com um quadro de mais de 12 mil colaboradores.

Com o foco nos mercados Automotivo, Bens de Consumo, Energia, Moda, Serviços Financeiros, Saúde, Mídia e Entretenimento, Serviços Especializados, Serviços Públicos, Varejo, Tecnologia, Turismo e Logística, a GfK afirma ser a quinta empresa de pesquisa de mercado do mundo.