SAAS

Print Me: SAP B1 na nuvem IBM com G2

09/09/2015 13:59

Startup de impressão 3D usa utiliza o SAP B1 com o serviço IBM Cloud Managed Services (CMS).

Print Me adota solução SAP na nuvem da IBM. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Print Me, startup paulista de serviços de impressão 3D para o público em geral, adotou a solução SAP Business One no formato software como serviço, em um contrato com a consultoria G2 Tecnologia.

A solução é sediada na nuvem local da IBM, em uma parceria realizada entre a Big Blue e a integradora, com o plano de levar soluções de cloud computing para empresas de pequeno e médio porte em todo o país.

Recém-inaugurada no shopping Frei Caneca, na capital paulista, a Print Me utiliza o SAP B1 na nuvem IBM com a solução Cloud Managed Services (CMS). Toda a gestão da infraestrutura de TI, armazenamento de dados, backup e segurança são feitos pela IBM, enquanto a G2 Tecnologia fica responsável pelo SAP Business One.

Segundo Albertina Bernacchio, sócia-proprietária da Print Me, a empresa decidiu por iniciar suas operações já com um modelo prático e otimizado de gestão, hospedado na nuvem e com suporte e flexibilidade.

"Estamos estudando o mercado e nossa expectativa é expandir nosso negócio já no próximo ano com o modelo de franquia, e vamos continuar apostando nessa parceria com a IBM e a G2 Tecnologia”, afirma Bernacchio.

A G2 Tecnologia, parceira da IBM e responsável por todo processo de implementação das soluções, também aponta outro fator como decisivo e importante para pequenas e médias empresas na adoção deste formato de oferta.

"Com o desenvolvimento do modelo de negócio de SaaS, o sistema de gestão tornou-se acessível aos pequenos empresários, permitindo que eles implementem tecnologia IBM e serviços SAP a um valor fixo e flexível”, declara Gilberto Vieira Filho, diretor executivo da empresa.

A IBM anunciou recentemente uma série de investimentos para reforçar sua oferta de cloud pública, híbrida e privada ao mercado. Nos últimos anos, foram mais de US$ 3 bilhões em P&D e aquisições.

A companhia, que adquiriu a Softlayer em 2013, anunciou no início do ano passado um investimento de US$ 1,2 bilhão para expandir o seu número de data centers, sendo o Brasil um dos locais a receberem novos centros. A IBM espera chegar a 40 centros no mundo.

Veja também

ERP
Isofarma troca SAP B1 por IFS

Fabricante de produtos farmacêuticos trocará o sistema SAP pelo IFS Applications.

SAAS
Ramo oferece SAP B1 em nuvem da AWS

Integradora quer ampliar base de clientes entre PMEs com oferta de ERP em cloud.

NOVA OFERTA
Ramo quer SAP Lumira em 100% dos clientes

Plano da companhia é atender cerca de 150 novos clientes em Lumira nos próximos 12 meses.