CONTRAN

Multa de trânsito pode ser enviada pela web

09/09/2016 17:40

Medida do Contran permite que notificações de infrações de trânsito sejam enviadas pela web. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) aprovou na terça-feira, 6, uma resolução que deu origem ao Sistema de Notificação Eletrônica. Com a medida, o condutor poderá receber as notificações das infrações de trânsito por meio eletrônico. 

Os condutores que optarem por esse novo sistema terão desconto de 40% sobre o valor original da multa.

A medida tem o objetivo de reduzir os custos com o envio de documentos impressos e de diminuir ao uso de papel, além de garantir o recebimento da notificação pelo motorista.

Com isso, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) vai desenvolver, padronizar, organizar, manter e fazer a gestão do sistema eletrônico, que entrará em funcionamento a partir de 1º de novembro de 2016. 

Até lá, o órgão vai definir se essa comunicação será por e-mail, SMS ou outros mecanismos de comunicação via internet.

Os condutores deverão optar por manter o modelo original de notificação, via correios, ou aderir ao novo método de notificação eletrônica.

O  novo sistema vai incluir na comunicação por meio eletrônico um link para que o cidadão possa recorrer da notificação, bem como solicitar a transferência dos pontos para outro condutor, nos moldes do que já é feito no modelo atual.

A plataforma será acessada por meio de um site autônomo, administrado pelo Denatran e divulgado nos sites do Denatran e dos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detran).

Veja também

ANTI UBER
99 Taxis e Easy negociam fusão

Apps de táxi querem conter a sangria nos negócios causada pela chegada ao Uber no Brasil.

CORPFLEX
Expresso Jundiaí adota firewall gerenciado

A empresa de transporte do Grupo Femsa adquiriu a solução Acesso Seguro da CorpFlex.

CONTRATAÇÃO
Ex-Easy Taxi lidera vendas da Eventbrite

Michel Glezer acaba de assumir o cargo de diretor de vendas da Eventbrite.

TRANSPORTE
Cabify expande para Porto Alegre e BH

Em São Paulo, a empresa cadastrou 25 mil motoristas interessados em atuar pelo app.

PAÍS DO FUTURO
Brasil rumo a proibir o Waze?

Temos um projeto de lei brilhante nesse sentido circulando na Câmara de Deputados.