25 milhões de pessoas acessaram os serviços eletrônicos do FGTS. Foto: flickr.com/photos/prefeituradeolinda.

Tamanho da fonte: -A+A

Os extratos do FGTS dos últimos 25 anos podem ser visualizados via internet pelos trabalhadores a partir de uma ferramenta lançada recentemente pela Caixa Econômica Federal. 

Com o sistema, é possível consultar os lançamentos desde o início dos anos 1990, quando ocorreu a centralização das contas do FGTS no banco. 

Até então, os cidadãos podiam acompanhar somente os últimos seis registros. 

Além disso, é permitido atualizar o endereço, enviar o extrato por e-mail e serviços no celular. 

"Estimamos que deverão ocorrer mais de 2 milhões de acessos ao novo serviço até o final de 2013", disse o gerente nacional do FGTS da Caixa, Henrique José Santana, em comunicado à imprensa.

Nos últimos 12 meses, 25 milhões de pessoas acessaram os serviços eletrônicos do FGTS, segundo publicação na Folha de S. Paulo.

Para usar o sistema, é necessário cadastrar senha e informar o número do PIS nos sites www.caixa.gov.br ou www.fgts.gov.br.