Bancos devem unificar sistemas. Foto: divulgação.

Diversas instituições financeiras anunciaram que pretendem compartilhar seus caixas eletrônicos com a rede de outros bancos em todo o Brasil.

A TecBan, empresa responsável pelo "Banco 24 horas", serviço que já centraliza os sistemas de diversos bancos, é quem unificará os sistemas, prometendo não cobrar taxas extras.

A proposta de fusão se deu após o Banco do Brasil se unir com a Caixa Econômica Federal. Além de dividir os terminais, ambos montaram um programa conjunto de compras para reduzir preços.

Ao dividir o mesmo terminal, em breve, as instituições financeiras diminuirão gastos com transporte de valores, segurança, equipamentos e manutenção. Para o cliente, a vantagem será a multiplicação de postos de autoatendimento, já que ele poderá usar a rede de todos os bancos.

No início, será oferecido um pacote básico com saques, extratos e depósitos. Depois, com a atualização tecnológica, poderão ser feitas outras operações como, por exemplo, crédito consignado.

De acordo do portal O Globo, falta apenas a aprovação das operações pelo conselho de duas instituições financeiras para viabilizar o redesenho legal da TecBan. Os executivos do setor decidiram copiar o modelo da Visanet, empresa criada pelos bancos para gerir as operações com cartão de crédito. Assim, cada banco terá uma participação por cotas.