Alessandro Boia, coordenador do CDI. Foto: Divulgação.

O CDI, organização social com 21 anos de atuação no campo da capacitação digital de jovens, está com inscrições abertas para profissionais que queiram compartilhar suas habilidades e experiências no <\Programa> Voluntário CDI

O voluntariado, que acontece de forma online via plataforma digital, tem o objetivo de formar mentores para atuar com educadores sociais, professores e bibliotecários, multiplicadores dos programas da instituição. 

Os voluntários devem ser profissionais nas áreas de gestão, comunicação, educação ou TIC e ter perfil colaborativo. Os mentores atuarão junto a 150 professores da Rede Estadual de Ensino do Rio de Janeiro, participantes do Projeto TecEscola - uma iniciativa do CDI e da B2W digital para apoiar professores no uso da tecnologia em sala de aula. 

Nesta primeira fase do programa, serão selecionados 100 voluntários. 

“No </Programa> Voluntário CDI, estamos reprogramando a forma de fazer voluntariado, geralmente com ações presenciais e mais assistencialistas. No formato digital, os voluntários têm flexibilidade de tempo e podem exercer sua atividades de qualquer local conectado à internet”, comenta Alessandro Boia, coordenador do Programa. 

Após receber formação específica na metodologia CDI e no uso de TIC na Educação, o voluntário terá seu perfil publicado na Plataforma Digital TecEscola, onde poderá ser solicitado por professores para mentoria. 

Essa atuação pode compreender o compartilhamento de experiências e referências para melhorar o processo de construção do projeto e/ou o desenvolvimento de materiais didáticos para a Biblioteca da Plataforma.

As inscrições estão abertas até dia 31 de agosto pelo site do projeto

O CDI atua em parceria com instituições comunitárias, bibliotecas e escolas públicas para formar multiplicadores na metodologia CDI, que replicam seus programas para o público final. O CDI está presente em 7 países e 9 estados brasileiros.

Apoiado pela Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC), o TecEscola é um projeto ançado em agosto de 2015 que promove a capacitação digital em 50 escolas públicas e beneficia cerca de 15 mil alunos.