Baguete
InícioNotícias> Disdal: voice picking com PC Sistemas

Tamanho da fonte:-A+A

DISTRIBUIÇÃO

Disdal: voice picking com PC Sistemas

Júlia Merker
// quinta, 10/08/2017 14:15

A distribuidora de alimentos Disdal é a primeira cliente da PC Sistemas a implementar um sistema de voice picking, que realiza a captura de dados por comandos de voz. 

Clair Dal Berto, diretor da Disdal Distribuidora. Foto: Divulgação.

O voice picking é um hardware integrado e orientado pelos dados do WMS da PC Sistemas, que notifica os pedidos por comandos de voz direcionados a cada funcionário que trabalha na separação dos produtos no centro de distribuição. 

O colaborador utiliza um headset e um receptor de rádio, que fica acoplado à sua cintura, recebe os comandos por voz e as indicações do local do picking para separação das respectivas quantidades e mercadorias, o que ocorre para cada etapa do processo até a finalização do pedido.

“O voice picking tem nos ajudado muito a evoluir nossas entregas, pois temos muito volume e variedade de itens. As tarefas ficaram mais simples e com menos riscos de erros por depender da completa atenção do operador durante as movimentações dos produtos. Hoje, também eliminamos a quase zero os gastos com papéis e impressões na operação, pois a conferência agora é feita por voz”, explica Clair Dal Berto, diretor da Disdal Distribuidora.

A empresa possui uma carteira com mais de 10 mil clientes ativos nas regiões do Distrito Federal, Goiás, Rondônia e Acre. O software de gestão da PC Sistemas (WinThor) foi adotado pela companhia com o objetivo de melhorar o atendimento e prazos de entrega.

O objetivo principal era garantir a segurança e a confiança das informações entregues e dos resultados. Após a adoção do ERP, a Disdal empresa passou a gerenciar seus processos logísticos e automatizar etapas como recebimento e armazenagem dos produtos, venda, separação, expedição, faturamento, além das áreas de backoffice. 

A Disdal também aderiu ao myAudit, solução de auditoria eletrônica que monitora 24 horas por dia as possíveis falhas operacionais.

“O que nos fez tomar a decisão pelo WinThor foi a aderência ao nosso modelo de negócio. Como a PC Sistemas nasceu para o segmento distribuidor atacadista, essa união do produto com a nossa maneira de operar e com nosso negócio foi muito maior do que com qualquer outro fornecedor”, afirma Dal Berto.

Há 30 anos no mercado, a PC Sistemas atua no desenvolvimento de softwares de gestão integrada (ERP) que atendem a toda a cadeia de abastecimento. Com mais de 4 mil clientes e 53 mil usuários, desde 2013 a PC faz parte do Grupo Totvs, que comprou a companhia por R$ 80 milhões, mais R$ 15 milhões relacionados ao cumprimento de metas.

Júlia Merker