Equipe da IACIT.

A IACIT, uma empresa paulista que fornece equipamentos para o setor de defesa, acaba de obter o selo de qualidade de software CMMI no nível 3 da versão 2.0 da certificação.

De acordo com a empresa, ela é a segunda no país a obter tal certificação e foi parceira do CMMI Institute no modelo de benchmark.

A certificação atesta o grau de qualidade nos processos e sistemas desenvolvidos pela empresa e que as melhores práticas são executadas na íntegra nos departamentos de Engenharia de Produção de Software (EPS) e Engenharia de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (EPDI).

“Ao reavaliarmos os processos internos, fizemos reestruturações na área de projetos de engenharia e garantimos a qualidade e a segurança na execução de cada etapa de cada projeto”, destaca o diretor de projetos, Gustavo Hissi Castro.

Atualmente, a IACIT é a única empresa brasileira fabricante de auxílios à navegação aérea, e fabrica também radares meteorológicos, radares oceânicos, radares para vigilância marítima, sistemas de telemetria e telecomandos e equipamentos e soluções de contramedida eletrônica aplicadas à segurança pública e defesa. 

Em todo Brasil, apenas cerca de 40 organizações estão certificadas CMMI, a grande maioria delas no nível 2 do sistema, que pontua entre 2 e 5, sendo o 5 o nível máximo.

Meia dúzia de multinacionais detém o nível máximo e um grupo um pouco maior de empresas brasileiras o nível 3.