Willy Andrey Fröhlich.

Willy Andrey Fröhlich, ex-coordenador da divisão de Tecnologia da Informação do Ministério Público no Rio Grande do Sul, acaba de assumir como executivo de contas na DataLakers, uma empresa gaúcha focada em projetos de big data.

A DataLakers é parte do grupo de empresas liderado pela iMaps, uma companhia com mais de 10 anos de atuação no mercado de dados, principalmente com tecnologia da Qlikview, para a qual é uma das maiores implementadoras no país.

“Em meus 16 anos de Ministério Público, apreendi que o que realmente faz a diferença nas organizações é o tratamento adequado dos dados, motivo pelo qual estou muito feliz em trabalhar com profissionais responsáveis pelo grande salto de qualidade no MP-RS”, afirma Fröhlich.

Fröhlich se refere à implantação do software de data discovery Qlikview para orientar o processo de tomada de decisão das áreas fim e meio no Ministério Público, um projeto que teve consultoria da iMaps.

O projeto com Qlikview foi eleito como o melhor na categoria Tecnologia da Informação pelo Conselho Superior do Ministério Público em 2014.

Fröhlich estava há 16 anos no MP-RS, sendo os últimos 10 à frente da TI, em um cargo equivalente ao de CIO. Ele deixou o cargo em dezembro do ano passado.