Recurso oferece uma projeção em tamanho real dos produtos disponíveis. Foto: divulgação.

A Tok&Stok desenvolveu um aplicativo para a marca através do TK Solution, seu laboratório de tecnologia, em conjunto com a Kobe, startup gaúcha especializada em desenvolvimento de apps mobile, realidade virtual e aumentada.

Segundo a empresa, a ferramenta é uma loja virtual com todo o portfólio de móveis e acessórios da marca, além do acompanhamento de todos os momentos do pedido, desde a aprovação de pagamento até prazos de entrega. 

Disponível para Android e iOS, a plataforma também conta com uma solução de atendimento pós-compra, com chat online, reagendamento de entregas, cancelamentos e reembolsos.

Além disso, o aplicativo tem funcionalidades para a escolha e decisão de produtos, como a busca por etiqueta, QR Code e imagem. O consumidor pode, por exemplo, fotografar produtos e, em poucos segundos, receber sugestões de itens iguais ou similares.

Outro destaque é a função de realidade aumentada, recurso que oferece uma projeção em tamanho real dos produtos disponíveis, onde é possível conferir como ficará um item dentro de casa antes da compra.

''O aplicativo conecta os canais físicos e digitais da marca, criando uma experiência inspiradora, segura e transparente durante a jornada de compra", afirma Fábio Barboza, CEO da Kobe.

A Tok&Stok nasceu em 1978 e tem sede em Barueri, São Paulo. A rede está presente em todo o Brasil com 58 lojas, além da plataforma de e-commerce, e conta com cerca 3,2 mil colaboradores.

Já a Kobe foi fundada em 2014 por Fabio Barboza, CEO da empresa, e Bruno Bulso, que atua como diretor de operações. Antes disso, os dois participaram do Apple Developer Academy e Barboza também trabalhou em empresas como DBServer, Grupo Bandeirantes e Grupo RBS.

Com sede em Porto Alegre, a startup tem foco em design e UX e oferece mais de dez serviços na etapa de validação de ideia e prototipação, como testes de usabilidade, imersões design sprint e análise de arquitetura mínima viável para as empresas. 

A startup hoje conta com 50 colaboradores e deve chegar a 70 neste ano, além de planejar a abertura de um escritório nos Estados Unidos.

Em 2019, seu faturamento foi de R$ 3,2 milhões e, para este ano, a companhia projeta chegar a R$ 7,2 milhões e, em 2021, a R$ 15 milhões.

São mais de 50 clientes em países como Canadá, França, Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, Inglaterra e Brasil. Entre eles, estão Meemo, Help Chain, Runner e Food Trip.