STARTUP

Saraiva, da HPE, é cofundador da Sqed

10/12/2019 11:42

O grupo de sócios também conta com outros nomes da capital gaúcha, além de profissionais de Santa Bárbara, na Califórnia.

Saraiva e Cheffe apresentam o Sqed, aplicativo de organização e comunicação. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Luís Fernando Saraiva, diretor de pesquisa e desenvolvimento da HPE, é um dos fundadores do Sqed, aplicativo de organização e comunicação. O sistema foi escolhido como plataforma de comunicação do Pacto Alegre, iniciativa liderada por Unisinos, PUC-RS e UFRGS para promover um ambiente favorável à inovação em Porto Alegre.

Saraiva ingressou na HP em 2007, antes da separação em duas companhias que levou à criação da HPE. Ele atua na unidade de Porto Alegre.

O grupo de empreendedores responsável pela solução Sqed também conta com outros nomes da capital gaúcha, além de profissionais de Santa Bárbara, na Califórnia.

Ao lado de Saraiva, estão em Porto Alegre o advogado Pedro Cirne Lima e o publicitário Eduardo Cheffe.

Nos EUA, os sócios são Anelise Nascente e Fernando Tessari, que moram em Santa Bárbara e são fundadores da e-Bikery. Nascente atuou como diretora de marketing do Habib’s e da rede Magazine Luiza e hoje é VP de Marketing do Sqed. Tessari é empreendedor, com experiência em aplicações de tecnologia para empresas de internet, publicidade e call center.

“O Sqed é a última geração dos aplicativos de notas, listas e lembretes e traz conceitos inovadores de captura de informações, compartilhamento via redes sociais e interatividade. Queremos verdadeiramente ajudar as pessoas a aproveitarem as possibilidades que a vida proporciona, sem que sejam soterradas por informações desnecessárias”, Luís Fernando Saraiva.  

O desenvolvimento da plataforma vai contar ainda com uso de tecnologias como internet das coisas e machine learning. 

“Para que a captura de informação seja feita de forma ágil e no lugar onde o usuário está, o Sqed disponibiliza o SqedCode, que pode ser lido de qualquer plataforma, como por exemplo a embalagem de um produto, um anúncio de revista ou jornal, displays, cartazes, na tela da TV ou computador, transformando-se automaticamente em um Sqed a ser gerenciado ou compartilhado via app do Sqed”, explica. 

Outra funcionalidade é a possibilidade de gerar uma nota a partir de informações veiculadas no Whatsapp.

Para  2020, a expectativa é que o aplicativo, disponível para os sistemas iOS e Android, contabilize 600 mil novos downloads. 

“O Sqed tem um modelo de negócios que atende usuários e empresas, pois ambos podem inserir conteúdos, compartilhar informações, interagir e criar seus espaços no Sqed. Temos hoje uma boa base de pessoas e organizações grandes cadastradas, como ABRH, Fábrica do Futuro, Pacto Alegre e o Tecnopuc. A expectativa é multiplicar esses números em pouco tempo”, comenta.

Veja também

PARCERIA
ABES apoiará empresas da Startup Farm

A Associação Brasileira das Empresas de Software acaba de lançar o ABES Startup Internship Program.

STARTUP
Ingresse capta R$ 90 milhões

Rodada foi liderada pelo fundo de investimentos Endurance.

LIDERANÇA
Grupo Máxima tem novo CEO

Rafael Martins era CEO da LifeApps, uma das empresas da holding.

STARTUP
Cora levanta US$ 10 milhões com Kaszek e Ribbit

Os fundadores da Cora criaram anteriormente a MOIP, que foi vendida para a Wirecard.

MÃO DE OBRA
Softex: R$ 22 milhões em capacitação

Oito instituições foram escolhidas para treinar 10 mil em currículo de tecnologia.

PREFEITURA
Porto Alegre: R$ 20 milhões para fundo de inovação

Entre as finalidades do projeto está apoiar o desenvolvimento de startups por meio de investimentos.

STARTUP
DotCapital e Mastercard investem na Hanzo

Plataforma da empresa possibilita que marcas interajam com seus consumidores por meio de dispositivos móveis.

SOLUÇÕES
Oi quer ser um player de TI para valer

Operadora quer dobrar participação de serviços de TI na receita até 2024.

DIREITOS
Problemas com voo? Conheça a NãoVoei!

A NãoVoei é uma alternativa para te auxiliar em casos de problemas com cias aéreas. Veja como funciona.

SEDE
Mandic muda para GoWork

Os 250 funcionários agora trabalham no coworking da Av. Paulista.