Jorge Rocha.

Jorge Rocha, um dos sócios do fundo Galicia Investimentos, acaba de assumir a presidência do Gávea Angels, iniciativa pioneira no segmento de investimento anjo no Brasil.

Rocha já vinha atuando junto do Gávea, sendo responsável pela abertura de uma frente em São Paulo da iniciativa, fundada por ex-alunos da PUC-RJ no Rio de Janeiro em 2002.

Hoje, os paulistas já representam a maior parte dos 90 membros do Gávea Angels. 

Junto com Rocha, que fez carreira na Ambev, foram eleitos também oito novos membros do conselho, com um mandato de dois anos, incluindo entre eles André Petroucic, um nome conhecido no mercado de TI pelas passagens por grandes empresas como SAS, SAP e Informatica, que tem se dedicado a investimentos desde 2017.

“Temos tudo pronto para levar a nossos associados os melhores investimentos dentro do mais compacto e transparente processo”, completa o presidente Jorge Rocha, que segue o pioneirismo do radar calibrado dessa instituição. 

Só nos últimos três anos, os investidores do Gávea colocaram R$ 6 milhões em aportes nas startups Back4App, BitCapital, Congresse.me, Folha Certa, GeekHunter, Home Agent, InstaCasa, Previsiown e Tevec, cuja avaliação estimada é de R$ 300 milhões.

O Gávea é um dos pioneiros no modelo de criar uma pool de investidores, que podem avaliar startups através de um processo seletivo. É o modelo usado também por muitas aceleradoras no país, para investimentos de maior porte.

A ideia é que os participantes colocam dinheiro nas startups, mas também suas redes de contatos, parceiros e estratégias. Ao todo, o fundo já investiu em 26 startups.