O projeto da TIM com a Adecoagro prevê a cobertura de uma área de mais de 600 mil hectares. Foto: Pexels.

A TIM acaba de fechar uma parceria com a Adecoagro, produtora de alimentos e energia renovável. Por meio do projeto "4G TIM no Campo", a operadora irá levar sua rede de quarta geração para o Vale do Ivinhema (MS), fornecendo atendimento de voz, dados móveis e IoT com a instalação de equipamentos 4G (eNodeB) na faixa de 700MHz nas fazendas e usinas da companhia. 

O projeto 4G TIM no Campo tem como principal objetivo viabilizar a digitalização do agronegócio brasileiro. A parceria com a Adecoagro prevê a cobertura de uma área de mais de 600 mil hectares, possibilitando agilizar os fluxos de produção, automatizar o processo de apontamento (usando smartphones) e conectar computadores de bordo das máquinas agrícolas. 

A cobertura 4G em 700MHz também alcançará as cidades vizinhas a Adecoagro (Ivinhema, Angélica, Gloria de Dourados e Deodápolis), que somam mais de 100 mil habitantes.

"A estratégia da TIM é de levar a conectividade para o campo e se posicionar como grande parceiro de soluções dos principais players do agronegócio brasileiro. O setor já investe bastante em tecnologia, mas necessitava de uma solução de conectividade robusta e uma infraestrutura de ponta para acelerar o percurso da digitalização e do IoT”, afirma Alexandre Dal Forno, head de produtos corporativos & IoT na TIM Brasil.

Para esta iniciativa, a TIM forneceu todo o sistema de comunicação de dispositivos móveis e soluções de Internet das Coisas (IoT), com investimentos em infraestrutura de rede na região e cobertura 4G nas suas áreas de produção e industrial.

O projeto conta com a parceria da BRFibra, da BRDigital (entregando o Backhaul) e a tecnologia certificada para o agronegócio da Nokia.

Com a iniciativa, serão ativadas de 1.516 linhas corporativas. O projeto permitirá o controle e o acompanhamento em tempo real das colheitadeiras e dos tratores da fazenda.

Esta é a terceira parceria do projeto 4G no Campo, iniciado em Goianésia com a Jalles Machado, agroindústria referência no setor sucroenergético nacional, projeto que também conta com o backhaul da BRDigital. 

Em outubro de 2018, a operadora também fechou contrato de piloto com a SLC Agrícola para ativação de cobertura 4G na Fazenda Panorama, na cidade de Correntina, na Bahia.