INDÚSTRIA

Randon compra Auttom por R$ 14 milhões

11/02/2021 15:29

Aquisição compreende 80% da companhia gaúcha de automação e robótica industrial.

Os executivos das duas companhias no ato de formalização da aquisição. Foto: João Carlos Lazzarotto.

Tamanho da fonte: -A+A

A Randon Tech Solutions (RTS) Industry, unidade de aceleração e desenvolvimento de automação da Empresas Randon, anunciou a aquisição da Auttom, companhia gaúcha de soluções tecnológicas em automação e robótica industrial, por R$ 14 milhões. 

A aquisição compreende 80% da Auttom, apenas no que envolve a divisão de automação da companhia, e manterá os dois sócios atuais com participação minoritária.

Fundada em 1997, a Auttom tem sede em Caxias do Sul, polo industrial onde também fica a sede da Empresas Randon, e oferece soluções em células robotizadas, painéis elétricos customizados, segurança de máquinas e telemetria. 

A empresa trabalha com os mercados de educação, automação industrial, energias renováveis e saneamento. Ela conta com uma infraestrutura com P&D, engenharia, produção, administrativo, auditório e um centro de treinamento para a capacitação de clientes.

Com a venda, a Auttom seguirá com o time de colaboradores e com a sua sede no mesmo local.

Este é o primeiro movimento da RTS Industry no mercado, já que a unidade foi criada em outubro de 2020. Com a aquisição, a companhia espera assumir as operações da Auttom ainda no primeiro trimestre de 2021.

“Essa aquisição é extremamente importante para gerar ainda mais robustez aos processos envolvendo os conceitos de smart manufacturing, nosso foco dos últimos anos, e possibilita a constante atualização tecnológica necessária para essas ações”, afirma Bernardo Bregoli Soares, diretor de excelência operacional da Empresas Randon.

Segundo a companhia, a estratégia tem como foco complementar e ampliar as conexões da RTS Industry com tecnologias de vanguarda, constantemente aprimoradas no mercado de automação, além de estabelecer a atuação da companhia e seus serviços para clientes externos.

“Nosso principal ganho com esse movimento é acelerar o processo de transformação industrial da Empresas Randon e da RTS Industry, além de expandir com novas soluções em automação para o setor industrial no Brasil”, afirma Sergio L. Carvalho, vice-presidente executivo e COO da Empresas Randon. 

A RTS Industry tem como foco a fabricação e a comercialização de células robotizadas, máquinas especiais, dispositivos e ferramentaria industrial.

A unidade ainda atua na prestação de serviços técnicos de engenharia e assessoria em automação industrial, além da comercialização de peças e componentes para esse segmento. 

Com um faturamento líquido de R$ 5,1 bilhões em 2019 (alta de 19,5%), a Empresas Randon atua nos setores de reboques e semirreboques, veículos fora-de-estrada, autopeças e serviços financeiros, com presença em 100 países.

Veja também

APOSTA
Claranet: US$ 100 milhões na operação Brasil

Maior parte da dinheirama deve ir para comprar concorrentes no mercado de nuvem.

LEVOU
EY compra Partners Digital

Consultoria SAP paulista tem atuação discreta, mas dezenas de grandes clientes.

ALÔ?
Vazamento expõe 100 milhões de contas de celular

Hacker afirma que informações vieram da Vivo e da Claro. As operadoras negam.

RESULTADOS
IFS cresce 14% em 2020

Empresa sueca de ERP emplacou 200 novos nomes na carteira de clientes.

TENDÊNCIA
WPP compra DTI Digital

Mercados de tecnologia e comunicação estão se aproximando no Brasil, também por meio de compras.

COMPRAS
Senior compra Alcis

Empresa de ERP reforça sua atuação em logística com softwares de TMS e WMS.

INFRA
Arezzo&Co aposta em nuvem híbrida com IBM Cloud

Companhia adotou a solução para suportar a expansão dos negócios, principalmente no e-commerce.

RESULTADOS
Buysoft fatura R$ 43,6 milhões, alta de 13,3%

No ano da pandemia, crescimento foi puxado por soluções para a área de construção civil.

PRÁTICAS
Marketing ágil: descoberta, aprendizado e cocriação

É preciso avaliar se outros departamentos conseguem acompanhar o ritmo.

UPGRADE
Duratex faz migração para S/4 Hana

Projeto entregue pela Cognizant é justamente o tipo que a SAP está correndo atrás no momento.