José Roque de Pinho. Foto: divulgação.

A catarinense Pixeon, desenvolvedora de sistemas para o setor de saúde, está investindo em novas estratégias de negócio. Uma medida é a criação de uma diretoria de novos negócios.

Para assumir a diretoria, e empresa contratou o executivo português José Roque de Pinho, que antes trabalhou como banqueiro de M&A no banco J.P. Morgan e teve passagens por empresas como Endeavor e McKinsey&Co.

Formado em Engenharia Química pela Universidade de Columbia (EUA) e com MBA em Finanças e Economia na mesma universidade, Pinho mora no Brasil há três anos, e viu no projeto da Pixeon um desafio e oportunidade.

"O segmento de TI de saúde no Brasil está se beneficiando de tendências demográficas inegáveis. Estou tomando pessoalmente o desafio de realizar o que planejamos”, afirma o diretor.

Segundo destaca o CEO da empresa, Roberto da Cruz, entre os objetivos da nova diretoria estão trazer novas tecnologias e aquisições, consolidando a presença da empresa no mercado.

“Esta nova diretoria é fundamental neste novo cenário da empresa. Assim podemos identificar novos mercados e avançar no desenvolvimento de soluções inovadoras”, explica o executivo.

A Pixeon, que tem atualmente carteira de cerca de 1,2 mil clientes em todos os estados do Brasil, além de Argentina e Chile, foca suas atividades na criação de softwares de gestão para centros de medicina diagnóstica e laboratórios.

Recentemente a empresa recebeu um aporte de R$ 30 milhões do fundo de investimentos Riverwood Capital. O plano é ampliar presença nas regiões Nordeste e Centro Oeste no Brasil e posteriormente iniciar a expansão na América Latina, com foco nos mercados da Colômbia, Peru e México.

Atualmente, a empresa conta com unidades em Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pernambuco, Bahia, Ceará e Distrito Federal. Segundo dados da Pixoen, nos últimos 12 meses, a companhia registrou 40% de crescimento em receita.