Fábio Magalhães.

Fábio Magalhães, ex-head de operações da prática SAP da Vert, acaba de assumir como diretor da área de serviços de gerenciamento de aplicações (AMS, na sigla em inglês), da Start IT.

O executivo é experiente no tema AMS de SAP, com passagem por cargos de gerência de áreas focadas nesse mercado na Cast, SUM Services e Capgemini. 

Os contratos dessa área envolvem gênero envolvem a terceirização de atividades de manutenção do funcionamento de um sistema de gestão. No caso da Star IT, a área inclui também uma fábrica de soluções, que executa pequenos projetos e melhorias evolutivas para os clientes.

A meta de Magalhães é fazer a área crescer 50% até 2020 e tornar a Star IT referência em serviços de gestão de aplicações.

“Trago minha expertise em clientes de missão crítica, como do segmento de varejo, onde a sustentação dos sistemas é crucial para a continuação dos negócios, levando toda a velocidade e qualidade de atendimento para todas as verticais de AMS SAP”, afirma Magalhães.

A Star IT também vem reforçando o time. Recentemente, foi anunciado Alberto Freitas, ex-Cast e Totvs, para o cargo de vice-presidente de Operações e Estratégia.

No ano passado, foram contratados André Bortolanza, ex-head de e-commerce do Grupo Level, para o cargo de diretor de e-commerce. Nelson Batista, ex-executivo comercial para empresas de moda da Linx, passou a reforçar o time de vendas.

A lista de clientes da Start IT já tem nomes expressivos no varejo brasileiro como Grupo Muffato, Le Postiche, Kopenhaguen, Sonda Supermercados, Lopes Supermercados, Roldão Atacadista e Nagem, com um total de 400 projetos entregues.

A Star IT fechou o ano passado com uma receita de R$ 100 milhões, valor que representa uma alta de 33% frente ao obtido em 2017 e coloca a empresa paulista na ponta do mercado quando o assunto é implementação de tecnologias SAP para o setor de varejo.

Para 2019, a empresa está projetando um crescimento de 20%, para R$ 120 milhões, a ser obtido por meio de um plano de investimento de R$ 12 milhões.