Caçambas basculantes são um dos produtos da ZM.

A ZM, fabricante de produtos para o mercado automobilístico que tem sede em Brusque-SC e exporta para mais de 30 países, atualizou seu parque de TI e se tornou o primeiro case do primeiro case no Brasil de implantação do software de desduplicação Catalyst da HP.

Conduzido pela Sercompe, o projeto incluiu a criação de um segundo datacenter (o primeiro da empresa foi instalado em 2007) empregando tecnologias de clusterização de storage com o HP Lefthand P4500 em configuração multi-site.

O projeto também incluiu virtualização com soluções VMware e, para os servidores, foram utilizados blades BL465 Gen8, da HP.

O gerente de TI da ZM, Sergio Rubens Fantini, explica que o site backup e a renovação do parque de infra aumentaram a disponibilidade dos sistemas, garantindo continuidade mesmo em caso de desastre ou paradas não programadas de componentes, além de permitir paradas programadas de um dos data centers para manutenções sem interrupção aos serviços de usuários.

“A distância entre os dois data centers é de 500 metros. Passamos a ter à disposição a flexibilidade de utilizar ambos os ambientes de forma ativa-ativa e com balanceamento de carga”, destaca o executivo.

O projeto também garantiu failover e failback automatizado aos ambientes de storage e virtualização, ampliando os recursos de gerenciamento e provisionamento da infraestrutura.

Outra parte do trabalho se destinou à proteção dos dados, e foi aí que entro o armazenamento em disco com desduplicação e posterior consolidação, tudo com base em backup permanente em uma unidade robotizada.

“Adotamos a estratégia de backup online para o banco de dados Oracle e granular para o ambiente virtual. Utilizando a tecnologia da ferramenta HP Data Protector chamada de Catalyst, garantimos a retenção de todos os dados produtivos por 15 dias em disco”, explica Fantini.

Isso, segundo ele, proporciona a restauração rápida em caso de corrupção lógica ou indisponibilidade de dados críticos.

O gerente de TI também é só elogios aos servidores HP BladeSystem, que trouxeram economia de espaço e energia, além de contar com a ferramenta HP Insight Control, que gerencia e monitora a infraestrutura, abrindo chamados de suporte automaticamente na HP em caso de falhas.

“Isso agiliza consideravelmente a resolução de problemas, reduzindo o tempo de paradas e os custos com a administração de TI”, afirma Fantini. “Hoje temos um ambiente de alta disponibilidade a custos compatíveis com nossa estrutura”, finaliza.

Uma estrutura que soma 30 mil metros quadrados e emprega 650 funcionários, desenvolvendo produtos entre os quais são destaque os solenóides e relés, cuja produção anual é superior a cinco milhões de unidades.

Fornecedora da vez para a empersa, a Sercompe atua em serviços de infraestrutura de TI e tem sede em Joinville, onde construiu em 2012 um data center de 1,2 mil metros quadrados e capacidade de 130 racks e até 5 mil servidores.

Do data center, a companhia oferece serviços de colocation e site backup, hosting, cloud servers e backup remoto, entre outros.
 
A carteira de clientes da Sercompe traz nomes como Amanco Brasil, Prefeitura de Blumenau e Lepper.