Vicente Falconi, um dos maiores gurus empresariais do país. Foto: divulgação.

A Falconi, uma das consultorias de gestão mais badaladas do país, está lançando a Mid, uma plataforma de gestão para empresas de médio porte, campo até então inexplorado pela companhia.

De acordo com o site NeoFeed, a nova empresa se define como uma startup incubada dentro da Falconi e é direcionada a empresas com faturamento anual entre R$ 10 milhões e R$ 300 milhões.

Segundo a Falconi, a estratégia sempre foi atender o maior número possível de organizações, mas isso era mais difícil com as de menor porte por conta dos custos. Agora, a companhia criou soluções mais baratas.

Para isso, a consultoria lançou um modelo com pagamento mensal, de valor não revelado, que dá direito a um pacote com a metodologia já implantada pela consultoria em mais de 800 grandes companhias, além de outros elementos.

“Nós formatamos como uma mensalidade, mas com um programa de ciclos anuais. É como uma assinatura de gestão. Em um ano, a empresa vai pagar o que pagaria em dois meses numa consultoria tradicional”, afirma Flávia Maia, head de middle market da Falconi.

No novo mercado, a interação com os clientes deve combinar atendimento presencial e remoto. Para viabilizar esse formato, a Mid vai utilizar ferramentas tecnológicas criadas por outras operações da Falconi.

A primeira delas vem da FRST, spin-off que chegou ao mercado em abril deste ano. Trata-se de uma plataforma de educação corporativa, que oferece videoaulas com especialistas, seminários on-line e podcasts, entre outros conteúdos. 

Na Mid, ela será usada para capacitar três públicos nos clientes: o alto escalão, o nível gerencial e os responsáveis por áreas como recursos humanos e departamento comercial.

Com o uso de inteligência artificial, a plataforma configura trilhas de conhecimento de acordo com as lacunas de cada um desses profissionais, além de permitir a interação com mentores, especialistas ou, ainda, executivos e líderes de outras companhias em um estágio semelhante de aprendizado.

Outra solução no pacote é o Actio, software de avaliação das metas e planos de ação estabelecidos para todas as áreas da empresa cliente. A ferramenta é fruto de uma joint venture da Falconi com a Stratec, companhia de sistemas de gestão criada em março deste ano.

“Hoje, nós estamos totalmente imersos em softwares e abordagens digitais, big data, analytics e inteligência artificial. Não existe outro caminho e não ser este. Se não fosse essa abordagem, não haveria nenhuma chance de a Mid ser lançada”, garantiu Vicente Falconi, fundador, sócio e presidente do conselho de administração da Falconi, ao NeoFeed.

A Mid tem dez clientes que já vinham usando a plataforma em sua fase de validação. A lista tem nomes como a Operalog, de logística, o grupo Cap Empreendimentos Imobiliários, e a Tricks, startup de software para salões e serviços de beleza investida pela Stone.

Nos próximos três anos, a meta é chegar a uma carteira de pelo menos 800 clientes.

Segundo a consultoria MSI Marketing, o Brasil conta com mais de 3 mil médias empresas, que movimentam mais de R$ 800 milhões em receitas e geram mais de 3,5 milhões de empregos.

A Falconi conta com 700 consultores, sendo o mais destacado deles o seu fundador, Vicente Falconi, talvez o maior guru empresarial do país.

Falconi foi o primeiro forasteiro a compor o conselho da antiga Brahma, nos anos 90, e o mentor da cultura fortemente meritocrática e competitiva que está no DNA da Ambev hoje.

A consultoria já entregou mais de 6 mil projetos ao longo de 40 anos de história.