Instituição conta com mais de 1,2 milhão de advogados regulares. Foto: Pexels.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB Nacional) expôs dados pessoais de advogados de todo país, como CPF, RG, título eleitoral e endereço residencial por conta de uma falha de segurança no site da instituição.

De acordo com o site Migalhas, especializado na área jurídica, não há informações acerca da extensão do dano, que já foi sanado pela área de TI da instituição.

No total, a OAB Nacional conta com mais de 1,2 milhão de advogados regulares de todas as unidades federativas.

O estado mais numeroso é São Paulo, com mais de 339 mil cadastros, seguido por Rio de Janeiro (154.367), Minas Gerais (131.831), Rio Grande do Sul (90.542) e Paraná (77.917).

Em nota, o Conselho Federal da OAB disse que o “possível vazamento de dados de sua base” aconteceu por meio de uma vulnerabilidade no módulo de pré-cadastro do Sistema de Identidade profissional.

"As correções necessárias foram imediatamente implementadas e o problema, sanado”, informou a instituição.

Segundo a OAB, as autoridades foram comunicadas para que as investigações necessárias sejam realizadas. O Conselho Federal também está discutindo um plano de aperfeiçoamento contínuo da segurança dos dados do Cadastro Nacional dos Advogados.