DADOS

Almaviva agora tem DPO

11/08/2021 11:38

Roberto Toscani já era superintendente de segurança da informação e privacidade da companhia.

Roberto Toscani, DPO da Almaviva do Brasil. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Almaviva do Brasil, companhia italiana de contact center, anunciou que Roberto Toscani, superintendente de segurança da informação e privacidade da companhia, vai acumular a função de Data Protection Officer (DPO) para reforçar os cuidados com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Toscani está na empresa desde 2019, quando ingressou como Information Security Officer. Anteriormente, atuou por mais de 10 anos na Contax e por outros cinco na Pernambucanas.

Com quase 20 anos de carreira, o executivo é graduado em ciências da computação e informática pela Universidade Paulista e pós-graduado em proteção de dados pela Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED), da Espanha.

Na nova função, Toscani será o elo entre a Almaviva e a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), assim como com colaboradores, clientes, fornecedores e parceiros, que são os titulares dos dados.

"Precisamos criar uma maturidade de entendimento sobre esse universo em todos os setores empresariais que, consequentemente, contribuirão para uma mudança de mindset da sociedade como um todo e, no caso da Almaviva, acompanhamos esses processos em todas as nossas atividades internas, sejam elas operacionais ou administrativas", destaca o DPO.

A AlmavivA do Brasil pertence ao Grupo Almaviva, que possui 66 sedes distribuídas em nove países: Itália, Bélgica, Brasil, China, Colômbia, Estados Unidos, Romênia, Tunísia e Arábia Saudita.

No Brasil, a empresa tem sede em São Paulo e possui 15 sites e escritórios em 11 cidades. Entre 2006 e 2020, a companhia passou de 800 colaboradores no país para 37 mil.

Veja também

COMANDO
Rappi tem nova country manager no Brasil

Tijana Jankovic liderava a startup em São Paulo e já atuou em empresas como Google e Uber.

SAAS
Nova plataforma promete sacudir mercado de food service

Com gigantes como McDonald’s, Domino’s e Outback, solução vai se integrar a todos os marketplaces de delivery.

BIG DATA
LogComex recebe aporte de R$ 53,6 mi

Rodada série A da curitibana foi liderada por Alexia Ventures e Igah Ventures.

APAGÃO
CNPq restabelece sistemas

A instituição contratou o Serpro para serviços de nuvem e a RNP para contingência de banco de dados.

TELECOM
Brasil TecPar compra NetSun

Nona aquisição do grupo gaúcho neste ano marca a entrada da companhia em São Paulo.

LGPD
Excel: um risco que merece atenção especial

Software de planilhas é poderoso, mas não nasceu para ser uma ferramenta colaborativa, o que é um risco.