FAMÍLIA

Cisco inaugura a licença netinho

11/09/2019 07:24

Medida faz parte de um pacote de medidas focadas na família dos funcionários.

Três dias para curtir os netinhos na Cisco. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A Cisco do Brasil passou a dar uma licença de até três dias para funcionários da empresa a cada novo neto no primeiro ano de nascimento ou adoção.

A medida, que a reportagem do Baguete carinhosamente apelidou de “licença netinho”, faz parte de um programa de atenção à primeira infância dentro da Cisco, que foram recentemente reconhecidas com a premiação na categoria “Primeira Infância” do ranking  Melhores Empresas para Trabalhar do Great Place to Work.

Um bom número de funcionários da Cisco deve poder se beneficiar da licença netinho: na mesma premiação, a empresa ficou entre as dez em percentual de funcionários com mais de 45 anos de idade. Na Cisco, esse grupo soma 32% do total.

Quantos exatamente não é possível saber, porque a Cisco não abre a cifra total.

De qualquer forma, os avós e avôs, um grupo potencialmente pequeno, não são os únicos beneficiados dentro da Cisco.

A Cisco também alterou sua política de licenças maternidade e paternidade, levando em consideração o cuidador principal, independente do gênero, além de ampliar os dias do benefício. As licenças também foram estendidas aos pais adotivos. 

"O mais importante para a Cisco é que o cuidador principal tenha tempo para se relacionar com um novo filho, seja qual for a forma de acolhimento da criança, e que seu cônjuge ou parceiro possa dar apoio quando sua família mais precisa", destaca Nayana Pita, diretora de Recursos Humanos da Cisco do Brasil.

A empresa também adotou outra iniciativa para tornar o ambiente de trabalho um espaço acolhedor para mães lactantes, com a criação de uma sala de amamentação para retirada e armazenamento do leite materno.

Em parte, a política de RH se encaixa com a mensagem de mercado da Cisco, uma vez que ela vai acoplada com o conceito “Anywhere Office”, no qual o ambiente de trabalho não está limitado ao escritório físico, mas em qualquer lugar em que os funcionários possam executar suas atividades por meio de ferramentas de trabalho colaborativo, como o Webex Teams.  

“Esse modelo permite uma maior integração entre trabalho e vida pessoal, permitindo que os funcionários dediquem mais tempo às suas famílias, sem qualquer impacto à produtividade”, garante a Cisco em nota.

Veja também

RH
Benner: programa de inovação dá $$$

Funcionários podem ganhar 10% da economia gerada, ou 10% de uma eventual spin off.

TRABALHO
Horário flexível em alta nas empresas

Pesquisa da Aon aponta que número de empresas com benefício triplicou em dois anos.

RH
Unilever: cargo dividido e semana de 3 dias

Carolina Mazziero e Liana Feracotta são diretoras de RH da empresa.

PROPOSTA
Almoço de meia hora para a TI de SP?

Sindicato patronal parece ter decidido colocar um bode na sala.

DIREITOS
Twitter amplia licença paternidade

Serão 20 semanas para funcionários homens, o mesmo tempo das mulheres.

RH
CA tem 12 semanas de licença paternidade

No Brasil, a companhia oferece às mulheres uma licença de 180 dias (15 semanas).

GESTÃO
DB1: desenvolvedor assume o RH

Novo diretor de gestão de pessoas assume time de 550 funcionários da empresa paranaense.

MOVIMENTO
RH: Dell’Aglio, ex-CWI, está na Viaflow

Executiva tem passagem pela área de recursos humanos da CWI, Ilegra e Disys.

CARREIRA
ConectCar tem nova head de RH

Nos últimos dois anos, a executiva atuou como gerente de recursos humanos da Elo.

LIDERANÇA
Intuit contrata head de recursos humanos

Flavia Molina atuou na Nissan no último ano.

 

CONTRATAÇÃO
Ex-Via Varejo lidera RH da Totvs

Izabel Branco assumirá o cargo no dia 12 de agosto de 2019.