A Extreme E cobrirá todo o globo e as provas serão disputadas em lugares inóspitos. Foto: Divulgação.

O piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton anunciou nesta semana a formação da equipe para disputar a Extreme E, campeonato off-road com SUVs elétricos. 

A equipe será batizada como X44, cujo nome faz referência ao número utilizado pelo hexacampeão de F-1. O britânico, no entanto, não será um dos pilotos do time, que deverá indicar quem conduzirá seus carros em breve. 

“A Extreme E realmente me chamou a atenção por causa de seu foco ambiental”, disse Hamilton. “Cada um de nós tem o poder de fazer a diferença e significa muito pra mim o fato de poder usar meu amor pelas corridas junto do meu amor pelo planeta para causar um impacto positivo”.

A Extreme E tem entre seus investidores o piloto brasileiro Lucas Di Grassi, que é campeão mundial da Fórmula E, versão elétrica da F-1.

“A participação do Lewis como dono de equipe vai não apenas ajudar na formação de um time competitivo mas também realça o fato de que todos nós, incluindo os pilotos profissionais, precisamos nos envolver com a causa ambiental, que é um dos pilares do Extreme E”, afirma Di Grassi.

Além do envolvimento de Di Grassi no projeto do campeonato, outro vínculo do Brasil com o Extreme E é o patrocínio da mineradora brasileira CBMM. 

A X44 é a oitava equipe anunciada pela Extreme E, que terá sua primeira temporada em 2021. As demais são as americanas Ganassi Racing e Andretti United, as alemãs Abt e HWA, a indonésia Techeetah, a espanhola QEV Technologies e a Veloce Racing, que assim como a X44 é baseada na Inglaterra.

O campeonato cobrirá todo o globo e as provas serão disputadas em lugares inóspitos, de desertos secos a geleiras, passando pela floresta amazônica do Pará, aqui no Brasil. 

Confira o calendário do campeonato:

23/01/21 - Dakar, Senegal

06/03/21 - Sharaan, Arábia Saudita

14/05/21 - Vale de Kali Gandaki, Nepal

28/08/21 - Kangerlussuaq, Groelândia

 

30/10/21 - Santarém, Brasil

* Carlos Martins é Diretor Executivo do E-24 Mobility Lab e idealizador da primeira corrida de carros elétricos do Brasil. Escreve para o Baguete sobre temas relacionados com indústria automobilística e mobilidade.