Serão observados o planejamento, as finanças e o mercado. Foto: flickr.com/photos/internetsense.

O Sebrae-SP criou um questionário para que os empreendedores façam uma autoavaliação do seu negócio de forma gratuita, é o Check-up Empresas. Com o programa, o empresário recebe algumas dicas para melhorar sua gestão, após o término das respostas.

As perguntas são sobre a situação da empresa nas áreas de planejamento, finanças e mercado. 

Se há metas definidas e se o empreendedor busca informações sobre o setor, se ele conhece seus clientes e como é o relacionamento com eles, como está a motivação dos funcionários e o relacionamento com os fornecedores, estimativas de produtividade e gerenciamento dos pontos de venda, controle de estoque, fluxo de vendas e de caixa são os assuntos abordados. 

Após isso, o sistema irá avaliar os pontos fracos, listará possíveis soluções para os problemas identificados e de que maneira o Sebrae pode auxiliar o empresário. 

 “Com o resultado direcionado, o empreendedor tem a possibilidade de procurar conhecimento naquilo que ele realmente precisa melhorar. Isso otimiza o tempo de resposta entre identificação dos gargalos e a melhoria nos resultados”, completou Bruno Caetano, diretor-superintendente do Sebrae-SP.

De acordo com dados da Serasa Experian, 905 mil novas empresas foram abertas no Brasil no primeiro semestre de 2013. Dessas, 68% são constituídas como MEI (microempreendedor individual).

Por regiões, o Sudeste do país foi responsável por quase metade (49,68%) das novas empresas. Depois aparecem Nordeste (18,08%), Sul (16,83%), Centro-Oeste (9,77%) e Norte (5,64%).